Diferença entre os padrões SCORM e AICC

Leia e aprenda a diferença entre os padrões SCORM e AICC usados para o nosso mundo e-learnig. O SCORM é um modelo de referencia (conjunto de padrões) para criação de objetos de aprendizagem (pequenos conteúdos autocontidos).

Por | @DanielPaulinoS Internet
O SCORM é um modelo de referencia (conjunto de padrões) para criação de objetos de aprendizagem (pequenos conteúdos autocontidos). Sua principal característica é a portabilidade, ou seja, a possibilidade de executar o
mesmo conteudo em diveros ambientes de aprendizagem (compativeis com o SCORM) e o rastreamento do alunos (registro de quantas vezes leu cada conteudo e qual a pontuação nos testes).

Como um conjunto de padrões esta parte de rastreamento do aluno do SCORM, deriva do padrão da AICC, uma entidade americana que especifica padrões para conteudos e treinamentos da INDUSTRIA de aviação.

Além do padrão da AICC, o SCORM contém o modelo de Metadados do LOM da LTSC-IEEE e a parte de empacotamento de conteudos da IMS (uma entidade voltada para especificação de padrões de aprendizagem distribuida).

Então um conteudo desenvolvido pelo SCORM é necessariamente compatível com um AICC, entretanto como o SCORM é mais abrangente, o inverso não é verdadeiro.

O SCORM nada mais é que um guia criado por uma entidade subordinada ao Departamento de Defesa americano (a ADL - Advanced Distributed Learning), criado justamente para uniformizar a criação de cursos e desta maneira baixar os custos de treinamento. Para isto a ADL juntou membros do governo, das universidades e da industria de software, criando uma espécie de consenso mínimo sobre como criar conteudos para cusos a distância.

Os esforços de padronização mais antigos de nossa jovem indústria começaram na aviação, quando o e-Learning era mais bem conhecido por termos como Computer- Based Training (CBT) e Computer-Managed Instruction (CMI). O Aviation Industry CBT Committee (AICC) estava estabelecido de uma maneira que montadoras como a Boeing, que compram partes de aviões de vários fabricantes diferentes, poderiam ter certeza de que cada um dos cursos de treinamento de seus fornecedores trabalhava da mesma maneira que os outros.

Os padrões AICC permitiram aos fabricantes reutilizar o material de treinamento, rastrear resultados de cursos e certificações, e transmitir novamente os dados para o LMS.

O padrão AICC trabalhou tão bem que suas regras foram no muito bem aceitas, e seu selo de aprovação é buscado por diversas empresas de e-Learning, muito além do mundo da aviação. Mas muitos dos padrões AICC foram desenvolvidos antes da Internet tornar-se o veículo chefe para a "entrega" de treinamento e aprendizagem on-line.

Outros órgãos então começaram a trabalhar para definir parâmetros de objetos de conteúdo baseados na Web, notavelmente o IMS Global Learning Consortium e o Institute of Electrical and Eletronic Engineer's (IEEE) Comitês de Padrões de Tecnologia de Aprendizado.

Fora deste mar de acrônimos estava o U.S. Department of Defense, que por todos estes anos investiu em diversos sistemas de gerenciamento de aprendizagem diferentes. Frustrado por este não poder oferecer compartilhamento entre os cursos, o Pentágono lançou outro órgão de padrões, a iniciativa Advanced Distributed Learning, composta de uma rede de "co-labs".

O ADL não competiu com outros esforços de padronização; pelo contrário, este buscou incorporar o trabalho já realizado pelo AICC, IMS e IEEE num conjunto, e em janeiro de 2000 foi lançada a primeira versão de um modelo chamado Sharable Content Object Reference Model, ou SCORM.

Atualmente muitas empresas de e-learning promovem demonstrações "Plugfest" para divulgar seus cursos ou sistemas de gerenciamento configurados com o padrão SCORM para operarem em conjunto.

AICC - Aviation Industry CBT Committee



Entidade certificadora americana para cursos online. Baseada em recomendações (AGR - AICC Guidelines Recomendations) expede suas certificações em dois níveis: DESIGNED FOR e CERTIFIED, mediante testes realizados em AICC ITLs (Independent Test Labs).

Possui dois tipos de recomendações:

AGR-006 - CMI (Computer Managed Instruction)
AGR-010 - Web-based CMI

Certifica os seguintes tipos de produtos:

AU (assignable units) - partes de conteúdo de treinamentos CBT.
CBT - grupos de AUs.
CMI - sistemas que gerenciam e disparam AUs, rastreando o progresso dos
estudantes.
CMI ASP - sistema CMI instalado em unidade central de uma organização.
Courseware Gen/Assessment - sistema de criação e distribuição de conteúdo.
Authoring Systems - o mesmo que acima, mas totalmente gerenciável pela unidade geradora de conteúdo.

Passo-a-passo para certificação:

1. assinar o contrato

2. solicitar self-test

3. enviar contrato e cheque de pagamento

4. agendar análise ou receber self-test e executá-lo

5. testar

6. receber relatório preliminar

Tipos de teste:

a) launch test - sincronismo de disparo dos módulos

b) CMI communication - envio e recebimento dos dados ao sistema central

c) Course Structure Interchange Test - estrutura em conformidade com AICC.

Self-test - recomendável para extrair bugs antes de submeter à apreciação. Disponível para download na net. Uma base de dados ACCESS é gerada com os logs de erro.

Há uma lição de exemplo disponível na net com código-fonte, que cumpre as especificações da AGR-010.

http://www.aicc.org/pages/sample.htm

Para obter o código-fonte é necessário assinar um contrato com o AICC e enviar por correio.

Bibliografia:
Unicamp e WebAula

Mais sobre: ead scorm aicc
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar