Apple após aumentar preços dos iPhones na Índia nomeia novo chefe de vendas no país

Apple eleva preços dos iPhones na Índia, pois o governo do país elevou os impostos sobre aparelhos importados. E também deseja vender mais por lá e para isso nomeia novo chefe de vendas para a Índia.

Por | @fsbeling Apple

Segundo a Reuters, nesta semana, a Apple nomeou Michel Coulomb, como seu principal executivo de vendas na Índia, ocupando o lugar de Sanjay Kaul. O executive chega assumindo o compromisso de conseguir expandir os negócios da Maçã no país, sendo que a companhia conta com apenas 3% de market share, no terceiro maior mercado mundial de smartphones.

O motivo pelo qual Kaul deixará a empresa não foi comentado pela Apple, mas ele deixa de fazer parte do time da Maçã depois de seis anos dedicados a companhia, informou o jornal The Economic Times. No entanto, Coulomb também já fazia parte da equipe da Apple desde 2003, porém no ano passado já ocupou o cargo de diretor da empresa no sul da Ásia.

Apple tenta alcançar mais clientes na ÍndiaApple tenta alcançar mais clientes na Índia

[RELATED

Neste ano, o número de vendas da Apple na Índia aumentou em 17%, conseguindo acumular aproximadamente US$ 1,81 bilhão. As vendas, ainda assim, foram consideradas bem abaixo dos números atingidos no ano anterior, 2016, quando a Maçã conseguiu aumentar as vendas no país em 50%.

Além de nomear o novo chefe de vendas, a companhia também nesta semana, optou por aumentar os preços de todos os seus iPhones na Índia, isso acarretou em um aumento de 3,5% sobre o preço dos aparelhos. Mas a Apple justificou o seu aumento, seria porque o governo local teria elevados os impostos sobre os produtos importados. Porém, um único dispositivo da Apple ficou de fora desse acréscimo no preço, isso porque ele é montado em Taiwan Wistron, em Bengaluru, estamos falando do iPhone SE.

Atualmente, o mercado indiano, que segundo a Reuters é bem sensível a preços, estaria sendo dominado pela fabricante sul-coreana Samsung e também pelas fabricantes chinesas, como a Oppo, Vivo e a Xiaomi.

MAIS SOBRE Apple Índia mercado
SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail