AMD anuncia medidas para resolver os problemas de Meltdown e Spectre em seus processadores

Correção nos processadores AMD deve ocorrer de forma gradual assim como nos chips da Intel, a diferença é que o Meltdown não afeta os processadores da marca.

Por | @viniischulz AMD

Depois da descoberta das falhas de segurança nos processadores e da batalha que as empresas estão travando para solucionar esses problemas, muitos boatos e versões começaram a aparecer, a Intel já havia se pronunciado oficialmente sobre a questão. E desta vez foi a AMD quem se pronunciou sobre as medidas adotadas para resolver esta situação. 

Como explica a AMD em seu anúncio, os processadores da marca sofriam com duas variantes da vulnerabilidade Spectre (Bounds Check Bypass e Branch Target Injection). Apesar disso, ambas podem ser contidas apenas com patches de atualização do próprio sistema operacional. Contexto em que fez com que a fabricante trabalhasse em conjunto com Microsoft e Linux para distribuir as correções.

AMD anuncia medidas para resolver os problemas de Meltdown e Spectre em seus processadores

Relacionado a primeira ameaça, a Bounds Check Bypass do Spectre, a grande maioria dos processadores AMD com sistemas operacionais da Microsoft e do Linux, já receberam a atualização de correção, e inclusive a fabricante segue trabalhando com a Microsoft para solucionar os problemas de bloqueio total ocorrido em máquinas com processadores de gerações passadas, como AMD Opteron, Athlon e Turion X2 Ultra, que ocorreram devido ao patch de atualização. A expectativa é que a situação seja resolvida ainda na próxima semana.

Já a segunda vulnerabilidade, chamada de Branch Target Injection, é um pouco mais complexa, e se aproveita da brecha existente no design dos processadores. Necessitando assim que seja feita uma atualização de microcódigo, que será lançada em várias etapas. Pacotes de correção através do sistema operacional, também serão disponibilizados para os clientes e parceiros da AMD, buscando assim reforçar ainda mais a segurança.

A Linux já está distribuindo o patchs de correção, enquanto a Microsoft ainda trabalha em conjunto com a AMD para lançar os patchs de correção para o Windows.

Os processadores Ryzen e EPYC, entre algumas gerações anteriores, receberão atualizações de microcódigos opcionais a partir desta semana. Porém essas correções de software, serão providenciadas pelos fornecedores, cabendo ao usuário verificar com o mesmo as correções disponibilizadas.

Leia também:

A ameaça Meltdown não é aplicável aos processadores AMD, segundo a própria companhia em comunicado oficial. Isso acontece devido a proteção de nível de privilégio dentro da arquitetura de paging de seus processadores, portanto a empresa acredita não correr risco de segurança quanto a este quesito.

Quanto as GPUs, a fabricante afirma que os AMD Radeon, não usam execução especulativa, portanto não são correm o risco de sofrer com essas vulnerabilidades.

MAIS SOBRE AMD meltdown spectre
SHARE
+ em Amd
    + vistos em AMD