CADASTRE-SE

7 Categoria: Artigos » Segurança

Como remover vírus do pendrive?

Por Rafaela Pozzebon
Data:

Inicialmente haviam os disquetes para salvar e transportar dados, depois o CD revolucionou o mundo das gravações, agora temos o pendrive.O pendrive tratava-se de uma aparelho caro, com pouca capacidade de armazenamento, como também não eram encontrados de forma tão fácil.

http://www.oficinadanet.com.br//imagens/coluna/2850//pendrive2.jpg
Inicialmente haviam os disquetes para salvar e transportar dados, depois o CD revolucionou o mundo das gravações, agora temos o pendrive.O pendrive tratava-se de uma aparelho caro, com pouca capacidade de armazenamento, como também não eram encontrados de forma tão fácil.

Atualmente o pendrive tornou-se um acessório indispensável para àqueles que lidam com a informática diariamente. Ele está mais barato, popular e com maior capacidade de armazenamento de dados. Os pendrives mais comuns e encontrados facilmente possuem uma capacidade de armazenamento que varia entre 2GB e 128 GB. Existem outros com maior capacidade, porém pouco comercializados, são mais difíceis de encontrar e com um valor mais alto. Com toda essa popularização do pendrive, os vírus não poderiam ficar de fora. Esses vírus, encontrados no pendrive, possuem a capacidade de infectar todo o seu computador.


Veja também:

Comparado-se um pendrive a um CD, o CD é de fato mais seguro, pois, uma vez gravado jamais será removido os arquivos nele contido. Ao contrário do pendrive, que com toda facilidade que gerou, também vieram alguns problemas. Nele, é possível perder ou corromper dados, devido aos vírus encontrados. Assim, ele é muito mais propício ao erro, pois, conectado/plugado em qualquer computador, é possível contaminar-se. Com um pendrive infectado, após conectado a um computador, o vírus nele contido, utiliza um recurso comum ao Windows: a auto-execução. Assim, quando o pendrive é conectado, o vírus contido nele automaticamente se instala. Dentro do pendrive é inserido um arquivo autorin.inf, este, responsável pela execução do vírus.

Abaixo, alguns sintomas mais comuns de pendrives e outras unidades infectados:
  • A unidade fica sem acesso;
  • Erros de Autorun são comuns na tela;
  • Não é possível apagar/remover arquivos do pendrive;
  • A opção de ver Arquivos Ocultos fica desabilitada;

Como podemos evitar que um computador seja infectado, e ainda, como limpar um pendrive infectado? Algumas pessoas pensam que apenas formatando um pendrive conseguirão eliminar os vírus existentes, estão enganados, você apenas irá apagar seus arquivos.

Abaixo alguns passos para você limpar o seu pendrive e computador:

1º) Instalar e atualizar um bom antivírus
Com esse recurso fácil, instalar e sempre manter atualizado um antivírus em um computador, evita que vírus entrem e mantenham-se na máquina, da mesma forma que evita a transmissão para um pendrive. Há vários antivírus de boa qualidade para baixar na internet de forma gratuita. Caso prefira, há versões pagas. Pesquise e veja qual é o melhor para você e sua máquina.

2º) Limpar totalmente o computador
Logo após a instalação do antivírus, é necessário fazer uma limpeza completa no sistema. Primeiramente conecte o pendrive infectado no computador. Após, abra o software e faça uma limpeza geral no sistema. Essa limpeza, dependendo da configuração de sua máquina poderá demorar algumas horas. Porém, mesmo que demore, não cancele o processo.

Abaixo, duas opções bastante eficientes para remoção de vírus do seu computador e também pendrive:
BankerFix: Trata-se de uma ferramenta simples e fácil, consegue detectar e remover vários trojans e bankers bastante “populares” aqui no Brasil, é só baixar e esperar que ele tira e depois cria um relatório em txt. Talvez seja preciso você desativar seu antivírus.

ComboFix: Um pouco mais complexo e faz uma varredura mais apurada que o bankerfix, demora em média uns 10 minutos e não deixa de ser uma ótima opção. Abaixo, as instruções de uso:

  1. Dê um duplo-clique no combofix.exe e tecle “1″ para prosseguir. O processo vai durar, em média, 10 minutos;
  2. O ComboFix reiniciará o PC automaticamente, a fim de que o processo de remoção seja finalizado (somente se houver infecção);
  3. Quando a varredura acabar, será gerado um log, que estará em C:ComboFix.txt;
  4. Não clique na janela do ComboFix, nem feche clicando no X, enquanto a ferramenta estiver sendo executada, pois isto implicará na desconfiguração de seu desktop (ele ficará todo branco);
  5. Para parar ou sair do ComboFix, tecle “N”;
  6. Preciso que você cole o conteúdo do ComboFix.txt em sua próxima resposta.

Como percebemos, dia pós dia, surgem várias novidades. Da mesma maneira que surgem as boas novidades tecnológicas, com elas aparecem os problemas. Assim, o que hoje funciona, pode ser que amanhã tudo esteja mais avançado, tanto a parte boa, como também a parte ruim. Assim, fique sempre atualizado, procure informa-se da melhor maneira, para que, nenhum vírus tome conta de seu computador, podendo até, perder todos os arquivos existentes.

Leia a seguir: Os 5 melhores antispywares


Recomendados para você
Ainda restam dúvidas? Pergunte aqui em nosso fórum



Comentários:

TOPO