CADASTRE-SE

25 Categoria: Artigos » Hardware

Quais as diferenças entre processadores Core i3, i5 e i7

Por Amanda Mata
Data:

Entenda o que é Core i3, i5 e i7. Saiba quais são as diferenças e o que fazem cada um dos processadores.

Desde o surgimento do primeiro processador criado pela Intel em 1971, a Intel 4004, já se passaram 40 anos e o que antes era um assombroso invento, tornou-se brinquedo que qualquer criança de países modernos pode criar.O interessante é que até pouco tempo o símbolo da tecnologia avançada, para muitos, era o Core2Duo. Mas, os processadores Core i3, i5 e i7 são as realidades da Intel para o mercado que se amplia.

Devido às grandes safras de hardware que surgem aceleradamente, os processadores devem acompanhar este avanço e acabam tornando-se mais confusos e difíceis de serem acompanhados. Para quem não é um técnico muito perito na área, nós explicaremos detalhes importantes sobre a capacidade e funcionalidades de cada um destes três.

Conhecendo o Core i3

Na aposta feita pela Intel nestes últimos lançamentos, ela frisou esses três modelos de processadores para atender diversas exigências do mercado de hardware, sobretudo, para uma massa de usuários, cada vez mais exigente. A linha Core i3, i5 e i7 são basicamente as substituições do Core2Duo. Mais precisamente o Core i3 oferece algumas vantagens e condições melhores para funcionamento do PC. Entre os componentes do i3 você encontrará um controlador de memória DDR, que possibilita a realização de 8 acessos por ciclo, diretamente do processador interno, No core i3 existem dois propensos canais de memória RAM, possibilitando utilização em pares DualChannel (basicamente o que muda é o controlador  de acesso à memória RAM na placa-mãe, que passa a ter dois canais ao invés de um, porém, para esse esquema funcionar é necessário instalar na placa-mãe dois módulos de memória um para cada canal de acesso). 

É perceptível a explosão que tivemos nos processadores que utilizam esses núcleos para deixar o sistema mais eficaz, embora no caso da tecnologia Hyper-threading ou hiperprocessamento, tenhamos uma maior leitura do sistema quando trabalhamos com programas variados. Através do i3 o Windows consegue alcançar no sistema quatro núcleos, isso ocorre pela releitura que é feita no sistema, porém, não é basicamente necessário para o desenvolvimento do processador. O grande diferencial desta tecnologia é que possibilita trabalhar com vários programas ao mesmo tempo e com o mesmo desempenho. É importante frisarmos que a maioria dos programas e jogos roda no core i3. Para quem pretende adquirir o mais rápido possível o i3 será necessário notificar que às placas mães possuem o soquete de encaixe diferenciado, mas, é possível encontrar placas já adaptadas no mercado.

Assine a seção de Hardware do Oficina da Net.

Conhecendo o i5

A diferença entre o i3 e o i5 é basicamente o perfil do usuário, haja à vista, que enquanto o i3 disponibiliza no mercado apenas dois processadores, o i5 conta com seis. O core i5 na verdade não chega a ser o mais veloz disponível, porém, é totalmente o que tem a capacidade de executar todo e qualquer programa e/ou jogo. Uma das grandes vantagens do core i5 é possuir o clock bem menor do processador possibilitando a redução do aquecimento e consequentemente diminuindo o gasto de energia. 

A tecnologia Turbo Boost é outra vantagem do i5 que revolucionou o conceito de rapidez nos processadores, ele aumenta gradativamente, de acordo a necessidade. Possibilita trabalhar verificando todas às frequências, temperatura e voltagem do processador. Nos novos processadores i5 é possível ter acesso a esta impressionante tecnologia inovadora. Devemos notificar também, que o core i5 como os demais da linha, integra uma PCI-Express 2 de até 16 linhas e com dois exclusivos canais controladores da memória.

Conhecendo o i7

Constituindo-se a menina dos olhos da Intel o Core i7 é uma autoridade na linha de processadores considerados completos e o desejo de consumo. Melhores detalhes você encontra na explicação sobre o Haswell que foi baseado nas especificações do i7. 

Ter um processador da linha i7 é ter uma máquina para rodar tudo, mas, vale à pena questionar o fator custo/benefício. Os preços baixaram desde seu lançamento, mas com as novas tecnologias e novas gerações os preços aumentam novamente, embora as gerações “antigas” deixem de custar o quanto custava antes, para quem quer economizar vale a pena pesquisar entre gerações novas e antigas do i7.

Quarta geração

i3

Não é um bicho de sete cabeças entender esse monte te números e letras, veja que a medida que o processador evolui, suas características como, velocidade de clock, potência, memória, cache, número de núcleos, também evoluem, e no que uma dessas características deixa a desejar em relação ao anterior, a outra se destaca. Isso no i5 e i7 também.

i5

i7

O que é Haswell?

É o codinome da quarta geração de processadores Core i.

O Haswell herda algumas características dos Yvy Bridge (terceira geração), como o processo de fabricação de 22nm (quanto menor for a unidade, melhor, pois será colocado mais transistores em um espaço pequeno, aumentando a performance e diminuindo o custo). Herda também, transistores Tri-gate, Dual-channel de DDR3, memória cache L1 de 32KB, cache L2 de 256KB e cache L3 de 32MB compartilhado entre todos os núcleos.

É equipado com a tecnologia Turbo Boost 2.0, que permite automaticamente que os núcleos do processador trabalhem mais rapidamente do que a frequência básica de operação quando estiverem operando abaixo dos limites especificados para energia, corrente e temperatura.

Possui multitarefa inteligente que faz diferença, possibilitando usar vários aplicativos sem dor de cabeça, graças a Tecnologia Intel Hyper-Threading.

Baterias que duram mais

Veja a comparação entre a terceira e quarta geração, onde o Haswell é capaz de manter um dispositivo exibindo um vídeo em resolução HD por até nove horas, três a mais que a geração anterior era capaz. Tudo devido ao perfil dos processadores, de baixo consumo avançado, conseguindo deixar em até 13 dias o computador em “standby”.

A Intel também pensou na segurança do usuário, alguns Ultrabooks tem recursos avançados de segurança, que protege informações de identidade e prevenção de fraudes, os chips vem com o Intel Plataform Trust Technology e o Intel antirroubo, garantindo segurança extra.

O desempenho na parte gráfica é significativa, ao ponto dos gamers olharem com bons olhos para Intel. O desempenho ao rodar games ou assistir filmes em alta resolução pode chegar a ser duas vezes superior quando comparado à notebooks com Ivy Bridge. “Com a família Haswell estamos reinventando os notebooks”, afirma o vice-presidente executivo da Intel, Tom Kilroy.

Entendendo a “nomenclatura” número de processadores

É o esquema alfanumérico baseado na geração e na linha de produtos que vem após a marca e seu modificador. O primeiro dígito da sequência de quatro dígitos indica a geração do processador e os próximos três dígitos são números SKU. Onde for aplicável, um sufixo alfabético aparece no final do nome do processador e representa a linha de processadores.

Processadores com o número “4” na frente do ”600”, significa que é a 4ª geração de processadores da família i7, por exemplo, assim como seria da 2ª geração se o dois estivesse antes do seiscentos, e assim sucessivamente.

Sufixo alfabético

Descrição

Exemplo

K

Desbloqueado

Série de processadores para PC Intel ® Core ™ i7 - 3770K
Série de processadores para PC Intel ® Core ™ i5 - 3570K

QM

Quad-core para portáteis

Série de processadores para portáteis Intel® Core™ i7-3820QM
Série de processadores para portáteis Intel® Core™ i7-3720QM

S

Estilo de vida otimizado pelo desempenho

Processador Intel® Core™ i7-3770S
Processador Intel® Core™ i5-3550S

T

Estilo de vida otimizado pela energia

Processador Intel® Core™ i7-3770T
Processador Intel® Core™ i5-3570T

Perceba que na tabela a cima os processadores são da terceira geração.

Conclusão

Assim percebemos que na linha dos processadores da Intel o i3, i5 e i7, são muito completos. Os preços é que às vezes acabam por prejudicar a aquisição, se bem que nessa altura do campeonato, eles já estão bem mais em conta. Cabe mediar à necessidade e avaliar as diferenças entre os processadores a quantidade de processamento e desempenho que deseja, baseado no que aprendeu sobre o nome dos processadores fica mais fácil de escolher o seu.

Leia a seguir: O que é overclock?



Recomendados para você
Ainda restam dúvidas? Pergunte aqui em nosso fórum
Mais de Hardware



Comentários:

TOPO