Inteligência artificial Google Duplex é muito Black Mirror

Isso é muito Black Mirror! Conheça o Google Duplex, o assistente da gigante das buscas que traz uma tecnologia de inteligência artificial que pode assustar algumas pessoas.

Por Tecnologia Pular para comentários
Inteligência artificial Google Duplex é muito Black Mirror

Afinal, o que é o Google Duplex?

As empresas tentam há anos criar um mecanismo para as pessoas dialogarem com os computadores. Quando ligamos para uma determinada empresa, encontramos um sistema telefônico automatizado. Temos assistentes virtuais em nossos smartphones, e alto-falantes virtuais em nossas casas. Mas, embora esses sistemas possam ser úteis, eles têm suas falhas.

Em uma publicação, o Google aponta que um dos maiores problemas hoje é que o usuário deve se adaptar ao sistema e não o contrário. Pense em todas as vezes que você tem que repetir uma frase quando está falando em uma chamada com um sistema automatizado, ou quando um assistente virtual entende algo diferente do que você realmente disse.

Para entender o que é o Google Duplex, devemos entender que o sistema perfeito é aquele que se ajusta o usuário. Portanto, você pode falar normalmente, como se estivesse falando com outra pessoa. O Google Duplex também consegue soar como um humano, usando um tom natural e frases como "ah" e "oh", como uma pessoa faria. Durante uma conversa, o sistema também pode manipular interrupções.

No centro do Google Duplex, há uma rede neural recorrente que foi construída usando uma plataforma de aprendizado automática, chamada TensorFlow Extend (TFX). Quando o sistema faz uma chamada telefônica, é praticamente indistinguível de um ser humano.

H

O que o Google Duplex pode fazer?

A principal coisa que o Google Duplex pode fazer por você é gerenciar alguns dos problemas que levam tempo. Por exemplo, fazer chamadas em seu nome, agendar compromissos ou confirmar qualquer operação de uma empresa. Se você não quer fazer uma chamada, como reservar uma mesa em um restaurante ou marcar uma consulta em um cabeleireiro, o Google Duplex pode fazer por você. Se você informar ao Google Assistente que deseja ir a um restaurante na próxima sexta-feira às 19h, o sistema ligará para agendar e informará quando for confirmado.

Aplicações potenciais

Para entender o que é o Google Duplex e os usos, podemos pensar, por exemplo, em sua operadora de celular. Quando você liga, pode falar com um sistema automatizado que soa e funciona exatamente como um ser humano, e esse sistema realmente te ajuda. Ligações para resolver problemas com a operadora geralmente são demoradas e entediantes, e com o Google Duplex, você não teria que ficar atento às palavras, como "pressione 1 para fatura ou 2 para problemas técnicos".

Ou imagine se a Receita Federal tivesse essa tecnologia de inteligência artificial. Durante o período de tributação, você não teria que esperar uma hora por uma telefonista para solucionar suas dúvidas, bastaria perguntar ao sistema de IA.

Médicos e advogados que regularmente agendam compromissos com os clientes, podem ter a inteligência artificial fazendo isso por eles. Pequenas empresas também podem se beneficiar. Segundo pesquisas citadas pelo Google, 60% das pequenas empresas que dependem de reservas de clientes não possuem um sistema online.

Isso é muito Black Mirror 

Inteligência artificial Google Duplex é muito Black Mirror

A empresa também demonstrou como estava desenvolvendo ferramentas que podem construir bots inteiros com as vozes de pessoas. A Google mostrou o cantor norte-americano John Legend gravando apenas algumas frases, que foram sintetizadas usando inteligência artificial e transformadas em uma voz capaz de ser usada para dizer qualquer coisa, e ainda soar como se o próprio John estivesse falando.

A Google também afirmou que ele já havia gerado seis novas vozes dessa maneira. Isso significa que a voz do Google que ligaria para você usando o Google Duplex poderia ter qualquer voz, dificultando o reconhecimento, se é ou não uma pessoa real.

Diversas questões éticas e práticas podem surgir sobre o uso dessa nova tecnologia. Será que um robô poderá conversar com outro e se identificar como um quando perguntado? Com o assistente inteligente do Google fazendo chamadas em nosso nome, é preocupante, porque além de reduzir o contato humano, não sabemos como as pessoas podem usar essa tecnologia para cometer atos ilícitos.

Além de quão assustador o sistema pode ser, algumas pessoas estão preocupadas com privacidade e segurança, e é nessa parte que se assemelha à um episódio de Black Mirror, a série da Netflix que trata de problemas assustadores ligados ao avanço tecnológico. É seguro ter um robô ligando em seu nome para empresas e conversando com outras pessoas? É seguro para o interlocutor?

Alguns também estão preocupados com os possíveis impactos na publicidade, devido à rapidez com que a IA está evoluindo. O Google Assistente acabou de sair há alguns anos e agora, parece um verdadeiro ser humano ao telefone.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto