Como funciona a tecnologia Broadcast nas rádios de hoje?

O que é a tecnologia Broadcast? O que é a tecnologia Broadcast? O que é a tecnologia Broadcast? O que é a tecnologia Broadcast? O que é a tecnologia Broadcast? O que é a tecnologia Broadcast?

Por | @oficinadanet Tecnologia Pular para comentários

A radiodifusão é uma transmissão sem fio unidirecional sobre as ondas de rádio, destinada a atingir um público amplo. O Broadcast engloba várias tecnologias responsáveis por transmitir conteúdo ou dados. Devido à introdução de novas tecnologias, a maneira como o rádio funciona está mudando a cada dia.

A Nielsen Audio, empresa dos Estados Unidos que reporta sobre audiências de rádio, define uma "estação de rádio" como uma estação AM ou FM licenciada pelo governo; Uma estação de rádio HD, um fluxo de internet de uma estação existente, um dos canais de rádio por satélite ou, potencialmente, uma estação que não é licenciada pelo governo.

Radiodifusão Tradicional

A radiodifusão tradicional inclui estações AM e FM. Existem vários subtipos, nomeadamente transmissão comercial, educação não comercial, transmissão pública e variedades sem fins lucrativos, bem como rádios comunitárias e estações de rádio universitárias administradas por estudantes. 

A primeira forma de onda de rádio, chamada de válvula termiônica, foi inventada em 1904 pelo físico inglês John Ambrose Fleming. A primeira transmissão ocorreu em 1909 por Charles Herrold, na Califórnia. Sua estação, mais tarde, se tornou a KCBS, que ainda existente hoje como uma estação AM de notícias em San Francisco.

Radio AM 

A AM é a primeira forma de rádio, também é conhecida como modulação de amplitude. É definida como a amplitude de uma onda portadora, que é variada de acordo com alguma característica do sinal de modulação. A banda de ondas médias são usada mundialmente para transmissão AM. 

As transmissões AM ocorrem em ondas de rádio na América do Norte na faixa de freqüência de 525 a 1705 kHz, também conhecida como “banda de transmissão padrão”. A banda foi ampliada nos anos 90, adicionando nove canais de 1605 a 1705 kHz. Sinal é que ele pode ser detectado e transformado em som com equipamentos simples.

Uma desvantagem do rádio AM é que o sinal está sujeito à interferência de relâmpagos, tempestades elétricas e outras interferências eletromagnéticas, como a radiação solar. O poder dos canais regionais que compartilham uma freqüência deve ser reduzido à noite ou irradiado direcionalmente para evitar interferência. À noite, os sinais AM podem viajar para locais muito mais distantes, no entanto, é nesse momento que o desvanecimento do sinal pode ser o mais grave. 

Radio FM

O FM, também conhecido como modulação de frequência, foi inventado por Edwin Howard Armstrong em 1933, para superar o problema de interferência de radiofreqüência, que atormentava a recepção de rádio AM. 

A modulação de freqüência foi um método de imprimir dados em uma onda de corrente alternada, variando a freqüência instantânea da onda. O FM ocorre em ondas de VHF na faixa de freqüência de 88 a 108 MHz. 

O serviço original de rádio FM nos EUA foi a Yankee Network, localizado na Nova Inglaterra. A transmissão regular de FM começou em 1939, mas não representou uma ameaça significativa à indústria de transmissão de AM. Para transmitir FM, era necessária a compra de um receptor especial. 

Como um empreendimento comercial, permaneceu como um meio pouco utilizado pelos entusiastas de áudio até a década de 1960. As estações AM mais prósperas adquiriram licenças de FM e freqüentemente transmitiam a mesma programação na estação de FM e na estação AM, também conhecida como transmissão simultânea. 

A Federal Communications Commission limitou essa prática na década de 1960. Na década de 1980, como quase todos os novos rádios incluíam os sintonizadores AM e FM, o FM tornou-se o meio dominante, especialmente nas cidades grandes. 

Tecnologia de rádio moderna

Existem vários tipos de estações de rádio usando a mais recente tecnologia, que surgiu pelos anos 2000, rádio por satélite, rádio HD e rádio na Internet.

Rádio via satélite 

O SIRIUS XM Satellite Radio, uma fusão das duas primeiras empresas americanas de rádio por satélite, oferece programação para milhões de ouvintes, que pagam por equipamentos de rádio especiais, além de uma taxa de assinatura mensal. A primeira transmissão americana de rádio via satélite foi pela XM, em setembro de 2001.

A programação é transmitida da Terra para o satélite, e depois enviada de volta à Terra. Antenas especiais recebem a informação digital diretamente do satélite ou de estações repetidoras que preenchem lacunas.

Rádio HD

A tecnologia de rádio HD transmite áudio e dados digitais ao lado dos sinais analógicos AM e FM existentes. Em junho de 2008, mais de 1.700 estações de rádio HD estavam transmitindo 2.432 canais. Segundo a Ibiquity, desenvolvedora da tecnologia, o rádio HD faz "Sua AM soar como FM, e FM soar como um CD".

A Ibiquity Digital Corporation, um consórcio americano de empresas privadas, declara que o rádio HD oferece multicasting FM, que é a capacidade de transmitir múltiplos fluxos de programa através de uma única frequência FM que tem recepção cristalina e estática. 

Rádio da Internet

O rádio da Internet, também conhecido como transmissão simulada ou transmissão de rádio, parece rádio, mas não é realmente rádio por definição. O rádio da Internet fornece a ilusão de rádio separando o áudio em pequenos pacotes de informação digital, enviando-o para outro local, como um computador ou smartphone, e depois remontando os pacotes em um fluxo contínuo de áudio.

Os podcasts são um bom exemplo de como o rádio da internet funciona. Os podcasts, uma mala ou combinação das palavras iPod e broadcast, são uma série episódica de arquivos de mídia digital que um usuário pode configurar para que novos episódios sejam baixados automaticamente, por meio do syndication para o computador local ou o player de mídia digital do usuário.

OFICINA DA NET NO YOUTUBE
Gosta de tecnologia, smartphones e hardware? Então inscreva-se agora!

Não, obrigado