Surge o Light Phone 2: Smartphone com proposta minimalista

Novo Light Phone continua com proposta minimalista, e acrescenta visual moderno com novas ferramentas.

Por | @ingridjank Smartphones

Se você é alguém que prefere os celulares à moda antiga, daqueles sem aplicativos que tiram a atenção, com uma bateria que dura mais de um dia, e que só é lembrado quando realmente necessário, não é preciso recorrer aos telefones celulares que ficaram nos anos 90. O Light Phone se encaixa exatamente nessa proposta: de viver mais o momento sem se deixar levar por uma pequena tela que consome metade do nosso tempo.

Também: Veja o nosso comparador de smartphones.

Esse smartphone curioso foi lançado em maio do ano passado, com o objetivo contrário de todos os outros. Tem o formato de uma calculadora, design minimalista e sua única capacidade era a de realizar ligações. Como esse modelo era bastante limitado, foi criado o Light Phone 2, que continua com a mesma proposta mas com algumas ferramentas a mais e um design muito mais moderno.

Design minimalista do modelo anterior continua na segunda versão.Design minimalista do modelo anterior continua na segunda versão.

Entre os diferenciais está a capacidade de trocar mensagens de texto. O visual permanece minimalista, mas ganha mais modernidade com a tela matte e sensível ao toque com E-ink. Antes, a tela possuía um teclado numérico com 10 dígitos apenas. Agora, o dispositivo pode oferecer um teclado alfabético maior, para que seja possível enviar mensagens de texto.

Leia também:

Com um teclado alfabético maior e mais possibilidades de contato.Com um teclado alfabético maior e mais possibilidades de contato.

Ferramentas do Light Phone

De acordo com o IndieGogo, as possibilidades do celular até agora se resumem em: ligações, mensagens de texto, lista de contatos, alarme despertador e mensagens automáticas. Estas são as únicas atividades que estão confirmadas, mas existem algumas outras ferramentas que podem vir a ser parte do modelo final, como direção de GPS, compartilhamento de trajeto, playlist de música, clima, comando de voz e calculadora ou dicionário.

Das coisas que ficaram de fora por não encaixar no projeto estão as Redes Sociais de qualquer tipo, propagandas, e-mail e notícias. É para desapegar mesmo! Sobre a conectividade, o celular oferecerá suporte para rede 4G, e no momento encontra-se em fase de financiamento colaborativo no Indiegogo.

O celular deverá rodar o Android em uma interface modificada, a LightOS. E ainda: conta com Wi-Fi, GPS, bateria de 500 mAh, duas opções de cor (preto ou branco) com acabamento em alumínio anodizado, processador Qualcomm MSM-8909W e rodará em conjunto com 1 GB de RAM e 8 GB de ROM. A bateria oferece longo tempo de usabilidade. Por ainda ser um protótipo, o aparelho tem ofertas que começam em US$ 250, ou R$ 810, acrescentado o custo de envio para alguns países.

SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar