Malware o que é, e quais os tipos existentes?

Saiba o que é um malware? Quais os principais tipos de malware. O termo malware é proveniente do inglês malicious software; é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubo de informações (confidenciais ou não).

Por | @BitdefenderBR Segurança digital

O termo malware é proveniente do inglês malicious software; é um software destinado a se infiltrar em um sistema de computador alheio de forma ilícita, com o intuito de causar algum dano ou roubo de informações (confidenciais ou não). 

Vírus de computador, wormstrojan horses(cavalos de troia) e spywares são considerados malware. Também pode ser considerada malware uma aplicação legal que por uma falha de programação (intencional ou não) execute funções que se enquadrem na definição supra citada.

Leia também:

Há uma enormidade de malwares espalhados na internet. E para se proteger da maneira mais eficiente, é preciso conhecê-los. Quando um computador este infectado é normal se afirmar que ele está com vírus. No entanto, os vírus são apenas um tipo de malware, que é, por sua vez, um programa desenvolvido especificamente para realizar ações nocivas no computador infectado.

Para evitar infecções e, consequentemente, contratempos em seu computador pessoal, é imprescindível navegar pela internet com segurança. Ou seja, é de extrema importância contar com um antivírus e com um firewall. Para quem quer testar o produto e verificar sua qualidade, é possível baixar versões de antivirus gratis.

Por outro lado, saber como agem os principais malwares ajuda diminuir os riscos de contágio.

Malware o que é, e quais os tipos existentes?

Quais os tipos de malware existentes?

Entre as principais formas de ação do malwares se destacam o Monitoramento de URLs, alteração da Página Inicial do Browser do usuário, monitoramento e armazenamento das teclas digitadas e armazenamento da posição do cursor do mouse, mas existem outras formas de atuação. Por isso, confira as principais características dos malwares mais conhecidos.

Adware: normalmente é um aplicativo que exibe ou baixa sem autorização, anúncios na tela do computador. Em muitos casos, esse malware vem incorporado a softwares e serviços, como o MSN Messenger por exemplo. Não causam danos, na maioria das vezes;

Backdoor: é, na verdade, uma porta de entrada para malwares. “Porta dos fundos” – traduzindo literalmente – são falhas no sistema operacional ou em aplicativos que permitem que crackers tenham controle remoto sobre o equipamento infectado;

Bots e Botnets: são programas capazes de se propagar utilizando brechas nos softwares em um computador. Permitem comunicação com o invasor, e, portanto, são controlados remotamente;

Cavalo de Tróia – Trojan Horse: são softwares projetados para serem recebidos como “presentes”, um cartão virtual, por exemplo. Porém, além de executar as funções para as quais foram programados, eles executam outras sem o conhecimento do usuário;

Keyloggers: capturam e armazenam as teclas digitadas no computador infectado. Assim, as informações de um e-mail ou senhas bancárias, por exemplo, correm riscos;

Spywares: designa uma categoria de malwares que têm como objetivo principal monitorar as atividades de um sistema, enviando os dados e as informações coletadas;

Rootkits: é um conjunto de programas que permite que um invasor se esconda e tenha acesso contínuo ao computador infectado. Esses programas, de modo geral, dificultam a localização do invasor, pois o escondem em usuários e backdoors, por exemplo;

Worms: é um tipo de malware capaz de se propagar automaticamente por meio de redes, enviando cópias de si para outros computadores, a partir de brechas e falhas em softwares instalados incorretamente.

 


 

Conhecendo os principais tipos de malware, o internauta pode, de forma mais prática, detectar possíveis problemas em seu computador. Assim, a solução também fica menos descomplicada, principalmente em máquinas que contam com um antivírus e um firewall instalados.

Mais sobre: malware segurancadigital segurança
Share Tweet
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo