Oficina da Net Logo

Nasa e MIT levam internet à Lua

No futuro próximos os astronautas poderão se comunicar através das redes sociais e enviar vídeos diretamente da Lua.

Por | @oficinadanet Ciência Pular para comentários

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT, na sigla em inglês) e da Agência Espacial Americana (Nasa) demonstraram que é possível levar conexão à internet sem fio (Wi-Fi) à Lua. O experimento revelou que ainda que a banda larga é suficiente para fazer transferência de um vídeo em alta resolução.

Os cientistas enviaram arquivos da Terra para a Lua a uma velocidade de 19,44 Megabits por segundo (Mbps) e da Lua para a Terra a uma taxa de transferência de 622 Mbps. A técnica inovadora foi realizada através da conexão à internet através de raios lasers.

“Comunicações a altas taxas da Terra à Lua usando raios laser são desafiantes porque a distância de 400 mil quilômetros dissipa os raios de luz”, afirmou em nota Mark Stevens, um dos pesquisadores do Laboratório Lincoln do MIT, que conduziu a pesquisa.

“É duplamente difícil ir além da atmosfera, porque a turbulência pode dobrar a luz, causando um rápido desvanecimento ou quedas do sinal para o receptor”, diz ainda. Leia em destaque: A história de Williamina Fleming, de empregada doméstica à astrônoma.

Os cientistas usaram quatro telescópios localizados no Novo México para escapar das possíveis interferências. Os telescópios enviaram sinal para um receptor em um satélite na órbita da Lua.

Mais detalhes sobre o experimento será apresentado pela equipe do MIT e da NASA no dia 9 de junho durante a Conferência de Lasers e Eletro-Óptica, na Califórnia.

Comentários
Carregar comentários