Nasa e MIT levam internet à Lua

No futuro próximos os astronautas poderão se comunicar através das redes sociais e enviar vídeos diretamente da Lua.

Por | @oficinadanet Ciência

Pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT, na sigla em inglês) e da Agência Espacial Americana (Nasa) demonstraram que é possível levar conexão à internet sem fio (Wi-Fi) à Lua. O experimento revelou que ainda que a banda larga é suficiente para fazer transferência de um vídeo em alta resolução.

Os cientistas enviaram arquivos da Terra para a Lua a uma velocidade de 19,44 Megabits por segundo (Mbps) e da Lua para a Terra a uma taxa de transferência de 622 Mbps. A técnica inovadora foi realizada através da conexão à internet através de raios lasers.

“Comunicações a altas taxas da Terra à Lua usando raios laser são desafiantes porque a distância de 400 mil quilômetros dissipa os raios de luz”, afirmou em nota Mark Stevens, um dos pesquisadores do Laboratório Lincoln do MIT, que conduziu a pesquisa.

Leia também:

“É duplamente difícil ir além da atmosfera, porque a turbulência pode dobrar a luz, causando um rápido desvanecimento ou quedas do sinal para o receptor”, diz ainda.

Os cientistas usaram quatro telescópios localizados no Novo México para escapar das possíveis interferências. Os telescópios enviaram sinal para um receptor em um satélite na órbita da Lua.

Mais detalhes sobre o experimento será apresentado pela equipe do MIT e da NASA no dia 9 de junho durante a Conferência de Lasers e Eletro-Óptica, na Califórnia.

Mais sobre: Ciencia nasa internet
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo