Killer Instinct mandará ragequitters para a cadeia.

Sistema de punição para jogadores que saírem do jogo durante partidas fará com que ragequitters sejam obrigados a jogar contra outros infratores.

Por | @grasiel_grasel Games

Você já jogou algum jogo de luta ou já viu alguém jogando em que, em uma partida, um dos jogadores leva uma surra tão grande que não consegue nem sequer acertar um só golpe não é mesmo? Acredite, isso faz qualquer um sentir tanta raiva, que se chega ao ponto de querer sair no meio da partida, porém, em uma disputa online, isso é totalmente errado e anti-jogo. Em Killer Instinct isso não será mais possível.

O jogo de luta Free-to-Play, Killer Instinct, exclusivo do Xbox One, estará recebendo em breve uma atualização onde um sistema de "cadeia" será implantado onde ragequitters (players que saem no meio de partidas por estarem perdendo) serão mandados para uma divisão interna do multiplayers onde somente outros ragequitters estarão jogando.

Depois das 10 primeiras partidas no game, o sistema será ativado. Se o player não tiver no mínimo 85% de partidas completadas (jogadas até que a partida acabe), ele ficará na "cadeia" por 24 horas. A cada vez que o player for punido, mais 24 horas serão adicionadas, podendo somar até 5 dias de cadeia. Depois de completarem sua "sentença" eles poderão voltar a jogar com os players de boa conduta, no entanto, toda vez que abandonarem uma partida e seu percentual de partidas completadas estiver abaixo de 85% eles voltarão para a cadeia.

Toda partida que for abandona por um player, contará para ele como uma derrota, completou a desenvolvedora Double Helix. A atualização ainda não tem data definida, mas, além da novidade, trará o novo personagem Spinal e também consertos de bugs e erros.
Confira aqui a nota em que a empresa fez suas declarações.

Confira aqui a nota em que a empresa fez suas declarações.

Killer Instinct mandará ragequitters para a cadeia.
Batalha em Killer Instinct

Mais sobre: xboxone killer instinct ragequit
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter