Nasa vai cultivar agrião, nabo e manjericão na Lua

Lua pretende cultivar vegetais na Lua em 2015.

Por | @oficinadanet Ciência

A Agência Espacial Americana, Nasa, irá enviar à Lua em 2015 um pequeno viveiro para cultivar nabos, agriões e manjericão. A ideia é desenvolver a horticultura no satélite natural para alimentação humana.

De acordo com a Nasa, a câmara selada para realizar a primeira tentativa de germinação sobre a Lua irá a bordo da nave espacial que vencer o concurso Lunar X-Prize, do Google, em 2015.

"Nosso conceito é o desenvolvimento de uma câmara de cultivo simples, selada, que possa sustentar a germinação em um período de cinco a dez dias na Lua", afirmou a agência.

"Um filtro de papel com nutrientes dissolvidos, dentro da câmara, pode alimentar uma centena de sementes de agriões, dez sementes de manjericão e outras dez de nabo", acrescentou a Nasa. Nasa vai cultivar agrião, nabo e manjericão na Lua

Conforme um comunicado do Centro Ames de Pesquisa da Nasa, o objetivo do experimento é determinar se  "os humanos podem viver e trabalhar na Lua (...) ficando por décadas". Assim, antes de enviar qualquer humano para a Lua é necessário enviar plantas.

"Recém-germinadas, as plantas podem ser tão sensíveis quanto os humanos às condições ambientais e às vezes até mais sensíveis", continuou o comunicado. "As plantas levam material genético que pode ficar danificado pela radiação, da mesma forma que os humanos".

O experimento possui grandes desafios, como os níveis de radiação na Lua, que são muito mais intensas que na Terra. As temperaturas também são obstáculos, pois variam de 173 graus Celsius negativos a 100 graus Celsius.

"Usaremos a luz natural do Sol sobre a Lua como fonte de iluminação para a germinação das plantas como uma primeira demonstração do uso dos recursos in situ (neste lugar)", acrescentou.

O Centro Ames informou que quando a nave parar sobre a Lua, um mecanismo irá liberar uma pequena caixa d’água responsável por umedecer o papel e assim começará a germinação das sementes.

Os brotos serão acompanhados através de fotografias regulares com resolução suficiente para poder comparar com o desenvolvimento de plantas de controle na Terra.

As informações são da agência de notícias EFE.

Mais sobre: ciencia NASA lua
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo