Oficina da Net Logo

Protestos inspiram criação do game

A Flux Game Studio, aproveitando a onda de manifestações que está ocorrendo em nosso país neste mês de junho, aproveitou a oportunidade para criar um game baseado nestes atos que estão ocorrendo, tudo isso numa forma de mostrar ao povo, numa forma humorística e bem animada, como a polícia age.

Por | @oficinadanet Games Pular para comentários

Em referencia aos protestos populares organizado pelo MPL – Movimento Passe Livre, que começaram no início deste mês de junho, fizeram com que a desenvolvedora Flux Game Studio, lançasse o game “V de Vinagre” para a maior rede social do mundo, o Facebook.

No game desenvolvido especialmente para o “Face”, o gamer controla um dos manifestantes que aparece mascarado, usando a mesma máscara usada pelo grupo ciberativista Anonymous, onde o objetivo deste personagem é o de escapar da repreensão da policia, motivada pelo porte de vinagre, produto este que virou símbolo da manifestação após seu simples porte motivar a prisão de manifestantes no protesto de quinta-feira passada, no último dia 13 de junho.

De acordo com o diretor de criação da Flux Game Studio, Paulo Luis Santos, o game foi criado com o objetivo de mostrar para o povo a maneira de como a polícia atua nos protestos, onde ainda ele diz o seguinte: “Ter que escapar da polícia por portar garrafas de vinagre na mochila poderia ser bem usada no game, mas o problema é que neste caso, foi infelizmente inspirado neste triste acontecimento da última semana, pois a maneira de como a polícia agiu no protestos foi digna dos mais violentos jogos de ação”, completa Paulo.

Game para Facebook "V de Vinagre"
Game para Facebook "V de Vinagre"

Sendo assim, quanto mais “vinagre” o manifestante estiver carregando, mais ele será procurado pela polícia, onde o game conta com um ranking que atribuirá ao jogador o seu termo, ou seja, ou ele será “meliante” ou “comunista”, isso tudo baseado no desempenho do game.

Em relação a tudo isso, bem como as manifestações que estão ocorrendo no país e a criação do game, a Flux publicou um comunicado onde diz o seguinte: “Estamos fazendo um game com uma orientação humorística e atraente, mas que ao mesmo tempo, conseguíssemos mostra a todos bem o assunto em questão”, afirmou o idealizador do projeto, Stiven Valério, onde ainda diz que: “Não participamos dos atos que já aconteceram, mas esse é o nosso objetivo de contribuir no sentido de uma mudança para melhor”, conclui.

Assista ao nosso último vídeo: