Protagonista de Call Of Duty: Ghosts quase é preso em Los Angeles

Policia de Los Angeles invade o estúdio para "prender" o Herói da saga, Simon Riley

Por | @grasiel_grasel Games

O protagonista do novo Call Of Duty: Ghosts, essa semana teve que enfrentar um inimigo um tanto quanto inesperado, a polícia de Los Angeles. Tudo não passou de um tremendo "mal entendido". Os policiais invadiram o estúdio de games da Robotoki, armados para atender um chamado de emergência no local e descobriram que o "homem armado" que viram pela janela era na verdade uma estátua em tamanho real de Simon "Ghost" Riley. 

O fundador do estúdio, Robert Bowling, chegou a ser rendido no local, porém, explicou aos policiais o que havia acontecido. Segundo Robert, um dos novos funcionários da empresa havia apertado acidentalmente o botão de alarme silencioso "porque aparentemente, garotos quando encontram botões novos tendem a aperta-los" disse Bowling.

Por ser silencioso o alarme não foi percebido por ninguém, e os funcionários se foram para casa após o expediente, deixando na empresa somente seu chefe Bowling. Ao chegar no local, a polícia avistou "um homem armado" na janela e resolveu invadir o local. A confusão foi esclarecida, ninguém foi ferido e muito menos preso.

Protagonista de Call Of Duty: Ghosts quase é preso em Los Angeles
Estatua em tamanho real do protagonista Simon "Ghost" Riley

Protagonista de Call Of Duty: Ghosts quase é preso em Los Angeles
Polícia de Los Angeles invandindo o estúdio

Mais sobre: Call of Duty Ghosts Robert Bowling
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo