Frasco contendo vírus mortal some de laboratório

O Laboratório Nacional Galveston, mantido pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, informou que não encontrou um frasco de um vírus mortal em seu laboratório, considerado de segurança máxima

Por | @oficinadanet Ciência

O Laboratório Nacional Galveston, mantido pela Universidade do Texas, nos Estados Unidos, informou que não encontrou um frasco de um vírus mortal em seu laboratório, considerado de segurança máxima.

O laboratório, que é especializado em bioterrorismo e também combate a doenças emergentes anunciou que perdeu um frasco contendo um vírus letal. O laboratório é responsável por manter amostras dos vírus mais poderosos em uma instalação extremamente segura, onde os vírus são mantidos congelados.

O vírus que simplesmente desapareceu é o guanarito, que causa febre hemorrágica e foi responsável por matar várias pessoas na Venezuela. O guanarito ocorre em roedores, no entanto foi transmitido para agricultores que tiveram contato com o solo contaminado por excreções de ratos. Um terço das pessoas contaminadas acabaram morrendo em decorrência da doença.

Em um levantamento de rotina os responsáveis pelo laboratório acabaram dando falta do frasco. Dos cinco frascos, um estava faltando.

Scott Weaver, diretor científico do laboratório, afirmou que não há indícios de qualquer violação no freezer que armazena os frascos, como também não foi encontrado problemas no sistema de segurança.

A hipótese mais palpável é que o frasco tenha sido quebrado dentro do próprio laboratório, já que tanto o CDC (Centers for Disease Control and Prevention) e FBI não encontraram qualquer sinal de violação.

Mais sobre: vírus mortal some laboratório
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar