Hoje a tarde, às 15 horas (Horário de Brasília), o governo federal deverá lançar em Brasília o Plano Nacional de Banda Larga. O ministro das Comunicações Paulo Bernardo será o encarregado pelo lançamento, acompanhado por representantes de operadoras de telefonia.

De acordo com informações do jornal Folha de São Paulo, ao menos quatro operadoras já estão participando do programa, a Oi, Telefônica, CTBC e Sercomtel, sendo que as ofertas de planos deverão começar em aproximadamente um mês.

O ministro Paulo Bernardo, durante lançamento oficial deverá fornecer maiores detalhes do serviço que será ofertado. A presidente Dilma Rousseff teria exigido que a velocidade de conexão fosse de 1 Mpbs real e não nominal, como acontece atualmente.

O valor deverá continuar sendo o que já havia sido comentado anteriormente, 35 reais mensais. Futuramente, o governo tentará melhorar a velocidade de conexão em 40% a mais do que a contratada no momento.