Com o avanço da tecnologia e a grande popularidade dos meios tecnológicos, o livro digital acabou sendo uma ótima opção para pessoas que não dispensam uma boa leitura.

Na Amazon.com, a procura por livros digitais já supera os tradicionais, em papel. O formato kindle está ganhando um enorme espaço perante os livros impressos. O número de livros digitais comercializados nos primeiros meses do ano já supera o que foi vendido no mesmo período do ano passado.

A empresa, em comunicado, salienta que, os livros impressos incluem os normais e também de capa dura. Para confirmar os dados, os e-books gratuitos foram excluídos da contagem. Conforme o CEO e fundador da Amazon.com, Jeff Bezos: "Tínhamos grandes esperanças de que isso ocorreria em algum momento, mas nunca imaginávamos que seria tão rápido".

"O tremendo crescimento das vendas de livros Kindle, combinado com o crescimento contínuo das vendas de livros impressos, resultou na maior taxa de crescimento dos negócios de livros da Amazon.com nos Estados Unidos, tanto em unidades como em dólares, dos últimos dez anos", concluiu a empresa.

O número de venda de livros digitais está agradando a empresa, já que, o Kindle compete em vendas com o Nook, da Barnes & Noble e o iPad, da Apple. O Kindle foi lançado em 2007 e recentemente ganhou uma nova versão em que  exibe publicidade.