Sonda da Nasa se aproxima de asteroide após dois anos de viagem

As primeiras imagens de Bennu foram feitas em 17 de agosto a uma distância de 2,3 milhões de quilômetros da nave espacial.

Sonda da Nasa se aproxima de asteroide após dois anos de viagem

Uma nave espacial da Nasa está se aproximando de um antigo asteroide, o Bennu, após dois anos de viagem. A ideia é obter uma amostra de poeira espacial para conseguir pistas sobre o início do Sistema Solar.

A sonda Osiris-REx fez a primeira imagem do corpo cósmico, que possui tamanho aproximado de 500 metros de diâmetro. A nave está projetada para mover a uma órbita em volta de Bennu, a cerca de 1,5 Km ou 2 Km de sua superfície, tudo isso para trazer uma amostra em 2023.

Imagem captada pela sonda da Nasa do asteroide Bennu.
Imagem captada pela sonda da Nasa do asteroide Bennu.

As primeiras imagens de Bennu foram feitas em 17 de agosto a uma distância de 2,3 milhões de quilômetros da nave espacial.

"Isto é mais perto que já estivemos de Bennu", disse Dante Lauretta, pesquisador principal de Osiris-REx, da Universidade do Arizona.

A escolha de Bennu para o estudo é porque ele orbita perto do traçado da Terra em volta do Sol, e tem um tamanho considerado adequado para um estudo científico. Além disso, ele é rico em carbono, ou seja, o tipo de corpo cósmico que forneceu à Terra materiais que propiciaram a vida há bilhões de anos.

Esta é a primeira missão de retorno de amostras de asteroides para a Nasa, sendo que o objetivo é trazer cerca de 60 gramas de material.

5 celulares para NÃO COMPRAR em 2021

Conteúdo relacionado

FIFA 22 Review: Quando o realismo entra em campo
Games

FIFA 22 Review: Quando o realismo entra em campo

a HyperMotion Technology permite que o jogo entregue bastante realismo, com grande destaque para o posicionamento dos atletas! Confira o que achamos do jogo.

Estudo da NASA diz que anéis de Saturno irão desaparecer em 300 milhões de anos
NASA

Estudo da NASA diz que anéis de Saturno irão desaparecer em 300 milhões de anos

A nova pesquisa ainda favorece a ideia de que Saturno adquiriu os anéis muito após a sua formação.

Nasa explica porque missão para o Sol é complexa
NASA

Nasa explica porque missão para o Sol é complexa

Conforme a Nasa, a viagem para o Sol irá exigir 55 vezes mais energia do que ir para Marte, e para que a missão seja bem-sucedida.