Google pode estar desenvolvendo operadora junto da Dish Networks

Fontes indicam que há uma tensão entre Google, Dish, T-Mobile e Sprint, todas visando a rede estadunidense. A Google nega estar trabalhando nessa parceria, mas fontes internas informam o contrário.

Por Google Pular para comentários
Google pode estar desenvolvendo operadora junto da Dish Networks

Já pensou em uma operadora de telefone desenvolvida pela Google? Bom, essa ideia pode virar realidade. Segundo o jornal norte-americano New York Post, a empresa está em contato com a Dish Networks - gigante do setor de TV via satélite - já faz algum tempo. 

Pelo que dizem os rumores, essa parceria usaria o espectro da Sprint e T-Mobile. Essas duas últimas, por sua vez, precisam desistir desse espaço como forma do Departamento de Justiça estadunidense aprovar a fusão de ambas.

Mas não se anime muito. A Google negou fortemente esse boato, alegando que "essas alegações são falsas" e que a empresa "não está tendo nenhuma conversa com a Dish sobre a possibilidade de se criar uma rede sem fio".

A Dish Networks é conhecida
A Dish Networks é conhecida no setor de TV via satélite.

O New York Post, por sua vez, alega que fontes próximas disseram que esse acordo ainda é bem superficial, o que significa que pode cair por terra a qualquer momento - por isso, talvez, o posicionamento por parte da Google.

O MVNO da Google, chamado de Google Fi, já usa as redes da Sprint, T-Mobile e U.S. Cellular. Se firmar uma parceria com a Dish, o Google Fi poderia virar uma operadora independente dentro de três anos, segundo especialistas de mercado. Isso porque a Google conseguiria adquirir equipamentos e infraestrutura importantes da T-Mobile.

Esses especialistas também disseram acreditar que, apesar do governo norte-americano se preocupar com o monopólio de grandes empresas na área de tecnologia, dificilmente eles se preocupariam caso a Google administrasse uma rede nacional.

 

Google pode estar desenvolvendo operadora em parceria com a Dish.
Google pode estar desenvolvendo operadora em parceria com a Dish.

É importante ressaltar que todo esse projeto se baseia na decisão da T-Mobile de concordar em vender seu espectro para a Dish. Só depois disso próximos passos poderão ser dados. Sendo assim, em algum momento a Google precisará renovar seu contato com a Sprint e a T-Mobile, fazendo com que o Google Fi possa virar o palco de uma grande guerra comercial.

E mesmo se um acordo entre a Dish, o Google, a T-Mobile e o Departamento de Justiça ocorra, a T-Mobile ainda precisa vencer 14 casos contra 14 estados diferentes que estão processando a empresa, alegando que sua união com a Sprint causará um monopólio e que os preços da operadora aumentem. O julgamento deve ocorrer em outubro. 

Como são apenas rumores, é preciso esperar mais algumas semanas antes de afirmar algo, principalmente em meio à confusão que essas empresas se encontram.

Fonte: NyPost

Leia também: Como ativar o modo escuro no Google Chrome . Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Compartilhe com seus amigos:
Comentários:
Minha foto