Google inicia os testes de serviço de emergência que localiza usuários

A gigante das buscas realizou testes entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018 de uma tecnologia que pode ajudar as operadoras a fornecerem na localização quase exata de um usuários.

Por | @oficinadanet Google

O Google começou a testar nos Estados Unidos um serviço de emergência que localiza quem realizou uma ligação. No geral, o nervosismo diante uma situação de emergência faz com que as pessoas repassem informações desencontradas para o 911. Com isso, as operadoras estadunidenses assumem a responsabilidade de colaborar na localização de uma pessoa que solicitou a emergência.

A localização nem sempre costuma ser exata o que tem feito com que o Google tenha tido um aumento de pressão para evoluir nesse procedimento. Com isso, a gigante das buscas realizou testes entre dezembro de 2017 e janeiro de 2018 de uma tecnologia que pode ajudar as operadoras a fornecerem na localização quase exata de um usuários que esteja ligando para o 911.

Google inicia os testes de serviço de emergência que localiza usuários.Google inicia os testes de serviço de emergência que localiza usuários.

Leia também:

Através de uma amostra aleatória de smartphones Android, o Google, em parceria com a West Corp e a Rapid SOS conseguiu enviar para o 911 a localização exata dos usuários em 80% dos casos nos primeiros 30 segundos da ligação.

Além disso, o Google conseguiu reduzir de 159 para 36 metros o raio de localização do usuário. O teste em questão foi considerado bem-sucedido mesmo com alguns problemas com a operadora AT & T que não sabia que ele estava sendo feito pela gigante das buscas.

O Google não informou quando o sistema começará a ser implantado por padrão, porém, a empresa esclarece que método pode salvar vidas.

SHARE
+ Notícias
Comentários
 
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar