Oficina da Net Logo

Suécia inaugura primeira estrada elétrica que carrega carros enquanto eles andam

Por | @Evilmaax Energia Verde Pular para comentários

A Suécia acabou de inaugurar primeira "estrada para o futuro", a estrada que ajudará o país a bater sua meta de reduzir em 70% as emissões de gases do efeito estufa até 2030.

A estrada funciona recarregando as baterias elétricas dos veículos enquanto eles dirigem, vem e vão pela estrada, usando uma tecnologia chamada de carga condutiva. De acordo com os superintendentes de projeto eRoadArlanda, a eletricidade é fornecida através de condutores embutidos na estrada.

O veículo é conectado a um trilho eletrificado e, enquanto o veículo estiver no trilho, um braço móvel transfere a energia do trilho para a bateria do veículo. A corrente se desconecta quando o veículo para, permitindo que o sistema calcule quanta energia um veículo está usando e debitando os custos por veículo e usuário. Assim elimina-se a necessidade de postos para recargas ao longa da estrada e um possível custo de fabricação de baterias cada vez menor.

Mas as pessoas não precisam ficar assustadas em tomar choque caso pisem na estrada, pois ela não está eletrificada. O segredo são duas faixas que funcionam assim como uma tomada na parede. Cada uma tem cerca de cinco centímetros de profundidade e é ali dentro onde a eletricidade está. Os ccarros precisarão conectar com aquela "tomada" e pronto. Leia em destaque: Por que os bilionários da tecnologia estão buscando a energia nuclear?.

Mas e se inundar a via, por exemplo? Quem responde é Hans Säll, CEO da eRoadArlanda em entrevista ao The Guardian: "Nesse caso a eletricidade nivelada na superfície será de apenas um volt. Você poderia andar descalço."

Além de reduzirem as emissões de carbono em 90%, a empresa responsável diz ainda que o custo rodar movido à eletricidade é 75% mais barato em relação ao custo com combustível tradicional.

"A eletrificação de 20 mil quilômetros de rodovias na Suécia com alimentação condutiva deve custar cerca de 80 bilhões de coroas suecas (US$ 9,5 bilhões - quase 33 bilhões de reais)", segundo a empresa. O custo do quilômetro da estrada eletrificada é de cerca de 1 milhão de euros. Achou caro? Pois saiba que aqueles bondinhos elétricos que andam pelas cidades custam 50 VEZES MAIS e atendem um público bem mais restrito. "Se assumirmos que os carros elétricos com baterias pequenas custam o mesmo que os carros de combustão interna, levaria menos de três anos para pagar a eletrificação das estradas."

Detalhe de como funcionará a rodovia eletrificadaDetalhe de como funcionará a rodovia eletrificada

Enquanto outras nações estão desenvolvendo sistemas e tecnologias similares, o anúncio da Suécia é o "primeiro de seu tipo" para permitir que veículos comerciais e de passageiros se recarregem enquanto dirigem.

Por enquanto, 2 quilômetros de trilhos elétricos foram instalados fora de Estocolmo onde, pelos próximos dois anos, funcionará como teste para determinar o funcionamento do sistema em condições normais de tráfego e através das mais variadas condições climáticas. A empresa diz que o plano é ampliar a rede para todo o país.

MAIS SOBRE: #energiaverde
Comentários
Carregar comentários