Astrônomos descobrem buraco negro invisível

Mesmo que os pesquisadores tenham encontrado um buraco negro furtivo na galáxia da Via Láctea, poderia haver outros tantos milhões deles simplesmente escondidos.

Por Ciência Pular para comentários

Astrônomos conseguiram detectar um buraco negro considerado "invisível". Este buraco influenciou uma nuvem de gás interestelar e os pesquisadores detectaram que algo não estava normal. O buraco integra um grupo de 100 milhões de buracos negro que nunca haviam sido vistos anteriormente, e que fazem parte da Via Láctea.

Um buraco negro é capaz de gerar uma força gravitacional bastante forte que nada pode escapar dele. De acordo com o Advocator, até uma luz próxima ao buraco pode negro pode ser absorvida.

Os astrônomos precisam constantemente observar os objetos que estão ao redor dos buracos negros, já que eles são incapazes de liberar qualquer tipo de luz. Mesmo que os pesquisadores tenham encontrado um buraco negro furtivo na galáxia da Via Láctea, poderia haver outros tantos milhões deles simplesmente escondidos.

Astrônomos descobrem buraco negro invisível.Astrônomos descobrem buraco negro invisível.

"Detalhes das análises revelaram que uma grande massa, 30 mil vezes maior do que a do Sol, se concentrou numa região menor do que a do Sistema Solar", afirmou Shunya Takekawa, do Observatório Nacional Astronómico do Japão.

Ao que tudo indica, os buracos negros surgem de tamanho pequeno e aumentem com o passar do tempo, porém, até então não foi possível encontrar um buraco negro intermediário que pudesse ser medido.

Astrônomos japoneses conseguiram localizar uma nuvem de gás diferente que estava próxima do centro da Via Láctea, a mais de 25.000 an0s-luz da Terra. Esta nuvem foi vista na constelação de Sagitário.

As análises revelaram que o misterioso objeto era um buraco negro furtivo, assim, através da descoberta, a equipe de pesquisadores pretende encontrar outros buracos negros futuramente, já que deve haver milhões deles escondidos na Via Láctea.

Fonte: Zap

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(14,64%)
10(58,82%)
15(11,32%)
20(7,35%)
26(7,86%)