Oficina da Net Logo

Diferenças entre par trançado Cat5e e Cat6

Veja a diferença entre os pares trançados Cat5e e Cat6, o que cada um suporta, como funciona, o que é necessário para seu funcionamento.Existem muitos tipos de cabos Ethernet. Mas qual é o certo para você?

Por | @oficinadanet Hardware

Enquanto os equipamentos sem fio continuam a ganhar espaço na casa de todos os amantes da tecnologia, as redes de internet ainda seguem conectadas aos fios. E hoje vamos falar de cabos Ethernet. Enquanto alguns oferecem uma taxa de transferência mais alta e mais consistente, com menos interferência, outros oferecem um custo bem mais acessível e maleabilidade. Dependendo se você é um usuário focado em games ou apenas quer uma conexão que possibilite seu acesso às redes sociais, ambos os cabos podem oferecer oferecer boas opções boas à você. Nesse artigo você vai conhecer as principais diferença entre os cabos Cat5e e Cat6.

Embora esses cabos sejam usados ​​para diversas finalidades, normalmente são utilizados ​​como cabos de rede, ou seja, conectam o computador ao modem de internet.

Esses cabos passaram por um desenvolvimento significativo ao longo dos anos, e como tudo quando nos referimos à tecnologia, eles tiveram um desempenho significativamente aumentado nos últimos tempos, em relação aos seus antecessores. 

A diferença entre um cabo Cat5 e um Cat6 não é apenas uma velocidade extra, mas uma redução da interferência indesejada que um canal de transmissão causa em outro. 

Antes de começarmos, é importante mencionar que o Cat5 é o tipo mais antigo de cabeamento de rede, e costumava ser o padrão da indústria antes de o cabeamento Cat5e mais recente surgir, há 15 anos atrás. 

Isso significa que o Cat5 é amplamente considerado uma tecnologia desatualizada, que não é mais relevante no setor de TI. Ao ler cada uma das diferenças entre os dois cabos, as razões para isso ficarão aparentes.

Diferenças Físicas entre os cabos Cat5e e Cat6

Então, como um cabo físico elimina a interferência e permite velocidades mais rápidas? Eles fazem isso através de torção e isolamento de fios. A torção de cabos foi inventada por Alexander Graham Bell em 1881, para uso em fios telefônicos que passavam ao longo das linhas elétricas laterais. 

Ele descobriu que, se torcesse o cabo a cada 3 ou 4 postes de serviço, reduzia a interferência e aumentava o alcance. O par trançado se tornou a base de todos os cabos Ethernet para eliminar a interferência entre os fios internos e os fios externos.

Tudo isso começou quando o cabo de telefone de cobre, originalmente projetado para comunicação de voz, foi reaproveitado para transportar dados. Esses cabos mais antigos eram desprotegidos, e esse era o Cat1. Eles tinham uma taxa de dados que alcançava, no máximo, 1 Mbps, embora ninguém usasse isso para uma conexão de dados, à décadas atras.

Diferenças entre os cabos Cat5e e Cat6Diferenças entre os cabos Cat5e e Cat6

Mas a tecnologia evoluiu, e os cabos de dados que utilizamos atualmente são o Cat5 e o Cat 6.  

Diferenças entre os cabos Cat5 e Cat6

Cat5: Mais velho e mais lento

O cabeamento de categoria 5, também conhecido como Cat5, é um tipo mais antigo de cabeamento de rede. Os cabos Cat5 foram feitos para suportar velocidades teóricas de 10Mbps e 100Mbps. Você pode conseguir velocidades maiores em um cabo Cat5, especialmente se o cabo for mais curto, porém, nem sempre é possível.

Como o Cat5 é um tipo mais antigo de cabeamento, você provavelmente não os verá nas lojas, mas pode ter conseguido alguns com um roteador, switch ou outros dispositivos de rede mais antigos.

Cat5Cat5

 

Cat5e: Mais rápido e com menos interferência

O cabeamento aprimorado da categoria 5, também conhecido como Cat5e, é uma melhoria no cabeamento Cat5. Ele foi feito para suportar velocidades de até 1000 Mbps, portanto, em teoria, é mais rápido que o Cat5.

Ele também reduz o efeito de interferência de dados e conversas cruzadas que acontecem com maior frequência no seu antecessor. Ambas as melhorias significam que você tem maior probabilidade de obter velocidade rápida e confiável do cabeamento Cat5e, em comparação com o Cat5.

Cat6: Mais rápido, mas nem sempre necessário

O cabeamento de categoria 6 é o próximo passo após o Cat5e, e inclui mais algumas melhorias. Ele tem especificações ainda mais rigorosas quando se trata de interferência, e é capaz de atingir velocidades de até 10 GB, em alguns casos. Você provavelmente não usará essas velocidades em sua casa, e as melhorias extras de interferência não farão uma grande diferença no uso regular. Então, para internet de uso residencial, não vale a pena usar o Cat6. Ainda mais se você levar em conta que a falta de maeabilidade dele poderá dificultar sua instalação. 

Cat6Cat6

Qual cabo você deve usar?

É importante notar que a velocidade da sua rede é diferente da velocidade da sua internet. As chances de atualizar seus cabos não farão diferença na rapidez com que você carrega o Facebook. Suas velocidades de internet ainda são muito mais lentas que as da sua rede.

Entretanto, se você estiver transferindo arquivos entre computadores (por exemplo, se estiver fazendo um backup), usando hardware apropriado, pode fazer as coisas se moverem mais rápido.

Lembre-se de que você vai precisar de mais do que apenas cabos para obter velocidades maiores. É necessário um roteador compatível com a velocidade superior de internet, assim como placas de rede mais potentes nos seus computadores. A maioria dos roteadores e placas de rede modernas já são capazes de atingir essas velocidades, mas se você tiver algum PC ou roteador mais antigo, eles podem não estar prontos para isso. Digite no Google o modelo do seu hardware para descobrir suas configurações.

Se você está feliz com as velocidades atuais da sua rede, não há necessidade de passar pelo trabalho de atualizar tudo. Entretanto, se você já possui hardware compatível com velocidades maiores de internet, a atualização dos cabos é muito barata. 

Se você estiver pensando em obter as melhores velocidades possíveis, atualizar seus antigos cabos Cat5 para Cat5e poderá ajudar. Como dissemos, alguns cabos Cat5 podem atingir velocidades altas, mas a menos que você queira executar testes de velocidade e descobrir, você pode também gastar algum dinheiro e comprar cabos Cat5e ou Cat6. 

Por último, lembre-se que quando falamos sobre as velocidades desses cabos, é tudo teoria. Outro fator que você deve atentar é que ocorrerá uma diminuição na velocidade se estiver usando cabos maiores que 100 m.

Então, em suma, se você transfere muitos dados pela sua rede, a atualização dos seus cabos do antigo Cat5 poderá ajudar, e é tão barato que você também pode testá-los apenas para conferir. Mas não se estresse sobre isso. Para uso doméstico, os cabos que você usa não serão um grande diferencial.

COMPARTILHE
Comentários
Carregar comentários