Redes e internet - Parte 2

Bem! No artigo anterior (Redes e internet) defini redes e um pouco sobre Backbones e internet propriamente dita, agora irei continuar um pouco o assunto relacionado à internet. Agências governamentais ou companhias provadas são as principais responsáveis pela construção da estrutura para a internet funcionar. As companhias de alcance de longa distância constroem backbones e vendem o acesso a eles a outras companhias, os IPs (provedores de serviço da internet), é o que permite o acesso do seu computador a Internet, cobram de ambos pelo tráfego de informações.

Por | @DanielPaulinoS Hardware
Bem! No artigo anterior (Redes e internet) defini redes e um pouco sobre Backbones e internet propriamente dita, agora irei continuar um pouco o assunto relacionado à internet.

Agências governamentais ou companhias provadas são as principais responsáveis pela construção da estrutura para a internet funcionar. As companhias de alcance de longa distância constroem backbones e vendem o acesso a eles a outras companhias, os IPs (provedores de serviço da internet), é o que permite o acesso do seu computador a Internet, cobram de ambos pelo tráfego de informações.

Vamos entender agora como funciona todo o processo desde ligar o computador até receber ou enviar uma mensagem para um computador do outro lado do mundo ou em outro estado do nosso país.

Além do computador, diversos outros tipos de hardware serão envolvidos as se navegar na internet. Esse hardware é projetado para transmitir dados entre redes e forma grande parte de “elemento de coesão” que une a internet. As cinco partes mais importantes são: Hubs, pontes, portas de comunicação (gateways), repetidores e roteadores.

Os Hubs são importantes porque ligam grupos de computadores entre si e permitem que os computadores se comuniquem uns com os outros.

As Pontes ligam as redes locais (LANs) umas às outras. Permitem que os dados destinados a outra LAN sejam enviados a partir delas, enquanto mantêm simultaneamente dados locais dentro de sua própria rede.

As Porta de Comunicação (GATEWAYS) são semelhantes as pontes, mas também traduzem dados de um tipo de rede para outro. Os dados sempre atravessam grandes distâncias quando viajam através da internet, o que pode criar um problema, pois o sinal que os envia pode enfraquecer com a distância. Para evitar que isto ocorra, os Repetidores ampliam os dados, em determinados intervalos, para que o sinal não enfraqueça.

Os dados para serem enviados de um local para outro são divididos em pacotes pelo TCP (Protocolo de Controla de Transmissão). Os Roteadores garantem que estes pacotes cheguem ao seu destino. E, posteriormente, estes pacotes são montados formando a informação como foi enviada.

Agora que vimos o hardware envolvido, iremos entender todo processo.

Os dados são divididos em pacotes pelo TCP. Pois a internet é uma rede comutada, onde não existe uma conexão permanente entre emissor e receptor. Esses pacotes são enviados de seu computador para sua rede local, provedor de serviços internet ou para um serviço comercial on-line, via modem, antena, ou qualquer outro hardware. Caso o destino seja outra rede dentro da rede regional a qual as duas fazem parte, a transmissão terá um roteador captando estes dados do provedor, serviço comercial ou rede local e transmitindo para o roteador da outra rede local.

No caso da transmissão entre várias redes regionais, os pacotes serão enviados a um ponto de acesso à rede (NAP) e depois através de um backbone enviando a outro ponto de acesso próximo ao destino, a um roteador e em seguida ao computador de destino. Esta divisão em pacotes é que faz a internet ser conhecida como uma rede comutada em pacotes.  É isto que os dois protocolos (conjunto de regras) de comunicação mais importantes fazem: o TCP e o IP. TCP é o protocolo de transmissão e o IP é o protocolo Internet.

Mais sobre: tcp ip roteadores
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar