Anatel diz que aumento de 6,1% na banda larga foi incentivado por pequenos prestadores

As Prestadoras de Pequeno Porte (PPP), empresas que detêm menos de 5% de cada mercado de varejo em que atuam, foram as que mais registraram aumento.

Por Anatel Pular para comentários

O serviço de banda larga fixa, denominado pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) como Serviço de Comunicação Multimídia (SCM), em janeiro de 2019, registrou 31,1 milhões de contratos ativos, um crescimento de 6,1% em doze meses (mais 1,8 milhão de assinantes).

O aumento foi gerado (90%) pelas Prestadoras de Pequeno Porte (PPP), empresas que detêm menos de 5% de cada mercado de varejo em que atuam. As PPPs somaram 7,4 milhões de contratos ativos, com aumento de participação de 28,5% (mais 1,6 milhão de assinantes).

Anatel diz que aumento de 6,1% na banda larga foi incentivado por pequenos prestadores.Anatel diz que aumento de 6,1% na banda larga foi incentivado por pequenos prestadores.

As três maiores prestadoras da banda larga fixa, que registraram 73,5% de participação de mercado, com uma soma de 22,9 milhões de assinantes,  em janeiro de 2019, são a Claro com 30,1% (9,4 milhões), a Vivo com 24,3% (7,6 milhões) e a Oi com 19,1% (5,9 milhões). Se comparado a janeiro de 2018, a Claro e a Vivo registraram crescimento de 4,7% (mais 419 mil assinantes) e de 0,15% (mais 11 mil), a Oi teve redução de 5,4% (menos 340 mil).
Levando ainda em consideração o comparativo entre janeiro de 2019 e janeiro de 2018, com exceção de Roraima que registrou perda de pouco menos de mil acessos, todos os outros estados tiveram aumento no número de contratos do serviço.

Quem quiser obter mais informações, as tabelas com os números do mercado podem ser acessadas através do Portal da agência reguladora.                                                                                                                

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários