O que é um Servidor web?

17 1 comentário(s) Redação (@oficinadanet)

Um programa de computador responsável por aceitar pedidos HTTP de clientes, geralmente os navegadores, e servi-los com respostas HTTP, incluindo opcionalmente dados, que geralmente são páginas web, tais como documentos HTML com objetos embutidos (imagens, etc.); Um computador que executa um programa que provê a funcionalidade descrita acima.

A expressão servidor web pode significar duas coisas:

  1. Um programa de computador responsável por aceitar pedidos HTTP de clientes, geralmente os navegadores, e servi-los com respostas HTTP, incluindo opcionalmente dados, que geralmente são páginas web, tais como documentos HTML com objetos embutidos (imagens, etc.);
  2. Um computador que executa um programa que provê a funcionalidade descrita acima.

Características


Os pedidos http que se referem habitualmente a páginas HTML são normalmente feitos através de browsers. O processo se inicia com a conexão entre o computador onde está instalado o servidor web e o computador do cliente; como na web não é possível prever a que hora se dará essa conexão, os servidores web precisam estar disponíveis dia e noite. A partir daí é processado o pedido do cliente, e conforme as restrições de segurança e a existência da informação solicitada, o servidor devolve os dados.

Atualmente há cada vez mais programas que fazem pedidos HTTP (leitores de RSS e outros) e quase desde o inicio da web que os ficheiros servidos pelo webserver vão para além dos ficheiros HTML, incluindo imagens, ficheiros de som, pdfs, etc. Genericamente tudo o que se enquadre no conceito de ficheiro pode ser enviado como resultado de um pedido http.

Finalmente, os servidores web também podem executar programas e scripts, interagindo mais com o usuário.

Exemplo do fluxo pedido/resposta gerado quando se acessa uma página estática


Supondo que num servidor web existe um ficheiro chamado introWebServer.html com o seguinte conteúdo

<html>
 <body>
  <p>olá mundo</p>
 </body>
</html>

Se no browser tentar aceder a este ficheiro a sequência "pedido / resposta" iria produzir os seguintes comandos:

Pedido

GET /introWebServer.html HTTP/1.1
Accept: image/gif, image/x-xbitmap, image/jpeg, image/pjpeg, application/x-shockwave-flash, 
application/vnd.ms-excel, application/vnd.ms-powerpoint, application/msword, application/x-pdf */*
Accept-Language: en-gb,pt;q=0.5
Accept-Encoding: gzip, deflate
User-Agent: Mozilla/4.0 (compatible; MSIE 6.0; Windows NT 5.1; SV1; .NET CLR 1.1.4322; .NET CLR 2.0.50727)
Host: localhost:79
Connection: Keep-Alive
Cookie: infoview_userCultureKey=useBrowserLocale


Resposta

HTTP/1.1 200 OK
Server: Microsoft-IIS/5.1
X-Powered-By: ASP.NET
Date: Thu, 25 May 2006 14:02:51 GMT
Content-Type: text/html
Accept-Ranges: bytes
Last-Modified: Thu, 25 May 2006 14:02:12 GMT
ETag: "cd3bdd2380c61:ba9"
Content-Length: 54

<html>
 <body>
  <p>olá mundo</p>
 </body>
</html>


Embora estes valores variem de acordo com o browser que utilizarmos e com o servidor web que responde a este pedido http, muito do conteúdo será sempre igual:

no pedido
GET /introWebServer.html HTTP/1.1 ou seja estamos a pedir usando o protocolo HTTP versão 1.1 o ficheiro introWebServer.html que está na raiz do servidor

na resposta
HTTP/1.1 200 OK ou seja o pedido é válido (200 OK) e o conteúdo segue em baixo. Como podemos ver depois de mais um conjunto de dados aparece finalmente o conteúdo HTML da página que tínhamos criado.

Independentemente de estarmos falando de páginas dinâmicas ou páginas estáticas este será sempre o fluxo que o pedido/resposta entre o servidor e o browser irá provocar.

Páginas Dinâmicas e Páginas Estáticas


A origem do conteúdo enviado pelo servidor web numa resposta a um pedido HTTP pode ser:
  1. estática - se vier directamente de um ficheiro já existente no servidor
  2. dinâmica - se for criada dinamicamente por outro programa, script ou API chamado pelo servidor.

No caso de uma página dinâmica, o pedido, depois de recebido, é processado pelo servidor web que vai criar dinamicamente o conteúdo que depois será enviado para o cliente. As páginas dinâmicas têm a vantagem de poderem ser programadas, ou seja usando alguma linguagem de programação (que dependendo do servidor web pode ser php, Java, Perl, Visual Basic .NET, C#, ...) podemos criar programas que correm no servidor web, eventualmente acessando a bases de dados e cujo resultado é enviado para o browser.

Fonte: Wikipédia

Recomendamos para você
 

Comentários
Compartilhe com seus amigos:
Novidades
Compartilhe com seus amigos:
últimos reviews
  • 8,1
    Review Zenfone 5
    Tela de 5 polegadas, câmera de foto e vídeo superiores aos concorrentes, boa usabilidade e preço baixo. A Asus acertou n...
  • 6,4
    Review Nokia Lumia 635
    Testamos hoje o Smartphone Nokia Lumia 635. Confira abaixo o que achamos.
  • 8,1
    Review Samsung Galaxy S5
    O smarphone primogênito da família Galaxy é a evolução de seus descendentes, evolução porque não há grandes novidades, m...



TOPO