Diferenças entre par trançado Cat5e e Cat6

Veja a diferença entre os pares trançados Cat5e e Cat6, o que cada um suporta, como funciona, o que é necessário para seu funcionamento.

Comente abaixo Nícolas Müller (@nicolas_muller)


O Cat5e suporta até 1gbps de transmissão de dados, cada um de seus pares trançados podem trabalhar no máximo em transmissão e recepção de até 250mbps, caso trabalhem na condição de Tx/Rx e seus receptores suportem a mesma condição. O Cat5e trabalha geralmente na taxa de 100mbps. Uma de suas melhores características é a maleabilidade que este cabo possui, facilitando a instalação, é um bom cabo em relação custo x benefício devido ao seu custo ser relativamente baixo.

O Cat6 trabalha com a taxa de 1gbps onde dois de seus pares trabalham como receptores (Rx) e outros dois pares trabalham com transmissores (Tx), cada par trançado do Cat6 tem capacidade de taxa de 500mbps, ou seja, 500mbps x 2 para recepção e 500mbps x 2 para transmissão. O Cat6 requer eletrônica simples para cada receptor em cada extremidade, ele possui um conduíte interno (como você pode ver na imagem ao lado) o que tira um pouco sua maleabilidade, é um cabo com maior diâmetro assim dificultando instalações quando muitos cabos são utilizados.

Suporte a Gigabit Ethernet:

Como acima descrito, ambos possuem suporte a gigabit, mas é o par trançado CAT6 que tem como principal característica o funcionamento nesta taxa de transmissão e recepção. Para o funcionamento a nível Gigabit o Cat5e requer cancelamento complexo de echo e NEXT para todos os quatro receptores em cada extremidade, ou seja, para que funcione corretamente em gigabit.

ASSUNTOS RELACIONADOScabo de rederedespar trançadocat5ecat6

 
Relacionados
Ranking de Smartphones

Confira os últimos testes de smartphones que nossa equipe realizou.

Destaques

TOPO