Após grande susto, ESA descarta ligação entre meteoritos da Rússia e asteroide que passará hoje

Nesta sexta-feira a Rússia ficou assustada com a queda de um meteorito no país. O meteorito acabou caindo nos montes Urais, e deixou cerca de 950 pessoas feridas, dentre elas, três em estado grave

Por Ciência Pular para comentários

Nesta sexta-feira a Rússia ficou assustada com a queda de um meteorito no país. O meteorito acabou caindo nos montes Urais, e deixou cerca de 950 pessoas feridas, dentre elas, três em estado grave (dados atuais). No entanto, de acordo com a Agência Espacial europeia (ESA, na sigla em inglês), o evento não tem ligação com a passagem do asteroide 2012 DA14 que acontecerá em breve (por volta das 17h25, horário de Brasília).

De acordo com o engenheiro de instalações de satélites de pesquisa da ESA, Rainer Krefken, que falou à Agência EFE, "pode se descartar que o meteorito e o asteroide tenham a ver", levando em consideração que sua trajetória é diferente.

"Se o meteorito tivesse a ver com o asteroide, teria apresentado outra direção de voo, teria voado do Sul para o Norte e não para o Oeste, como foi o caso", disse Krefken do centro de controle de operações da ESA na cidade alemã de Darmstadt.

O especialista disse ainda que com as técnicas usadas atualmente é muito difícil prever este tipo de evento. Segundo ele, a queda de meteoritos ocorre em média uma vez ao ano, normalmente em lugares desabitados.

O acontecimento de hoje na Rússia é o maior com consequências registradas nos últimos anos.

Você poderá gostar de ler: http://www.oficinadanet.com.br/post/9887-hoje-asteroide-ira-passar-de-raspao-na-terra-

Compartilhe com seus amigos:
Rafaela Pozzebom
Rafaela Pozzebom Graduada em Letras pela UFSM e especialista em Tecnologias da Informação e da Comunicação aplicadas à educação
FACEBOOK //
Quer conversar com o(a) Rafaela, comente:
Carregar comentários
Quantos celulares a Motorola tem em linha?
5(15,07%)
10(57,81%)
15(11,67%)
20(7,57%)
26(7,88%)