Vídeo: Explosão do tanque do Sistema de Lançamento Espacial da NASA

O tanque do Sistema de Lançamento Espacial da NASA passou por uma explosão nos testes, que fazem parte das preparações para ir à Lua com o programa Artemis.

Por NASA Pular para comentários
Vídeo: Explosão do tanque do Sistema de Lançamento Espacial da NASA

Engenheiros do Marshall Space Flight Center da Nasa explodiram intencionalmente o maior tanque de combustível de foguetes do mundo. A ideia era testar e entender o ponto de ruptura. A versão de teste do tanque de hidrogênio líquido do foguete Space Launch System, quando ultrapassada seus limites de design, suportou mais de 260% das cargas de vôo esperadas em cinco horas.

"Nós propositadamente levamos esse tanque a seus limites extremo,s e o quebramos, porque levar os sistemas ao ponto de falha nos fornece dados adicionais para nos ajudar a construir foguetes de maneira inteligente", disse Neil Otte, engenheiro-chefe do SLS Stages Office, em um comunicado.

Explosão era prevista pela NASA

Vídeo: Explosão do tanque do Sistema de Lançamento Espacial da NASA

A explosão que aconteceu no último dia 5 de dezembro, usou uma combinação de nitrogênio gasoso para pressurização e hidráulica para cargas, levando o tanque a seus limites, expondo-o a forças mais altas. Como previsto, o tanque explodiu.

"Este teste final do tanque marca o maior teste de falhas controlado de um tanque pressurizado de estágio de foguete da NASA", de acordo com Mike Nichols, engenheiro líder do teste. "Esses dados beneficiarão todas as empresas aeroespaciais que projetam tanques de foguetes".

O protótipo - equipado com milhares de sensores para medir tensão, pressão e temperatura - recebeu avaliações anteriores, suportando as forças esperadas durante as missões lunares de Artemis.

Câmeras e microfones de alta qualidade foram utilizados para capturar cada momento e ajudar a identificar qualquer incidência de flambagem ou rachadura na parede do tanque.

Vídeo: Explosão do tanque do Sistema de Lançamento Espacial da NASA

Veja o vídeo que Jim Bridenstile, administrador da NASA, publicou na sua conta do Twitter na segunda-feira:

Teste faz parte da nova missão de ida à Lua

À medida que os testes funcionais para a missão Artemis I terminam, os engenheiros já começaram a construir o estágio principal do Artemis II.

Com 212 pés de altura, este é o maior e mais complexo foguete que a NASA já construiu desde os anos 1960, quando seu veículo de lançamento Saturn V levou missões Apollo à Lua. O SLS pode enviar Orion, astronautas e suprimentos para a Lua em uma única viagem.

"Estaremos pilotando o Sistema de Lançamento Espacial nas próximas décadas", disse Otte. "E quebrar o tanque de propulsão hoje nos ajudará a evoluir com segurança e eficiência o foguete SLS, à medida que nossas missões evoluírem."

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários