CADASTRE-SE

O que é DLNA (Digital Living Network Alliance)

106 4 comentário(s) Rafaela Pozzebon (@RafaelaPozzebon)

Saiba o que é DLNA ou Digital living Network Alliance, uma rede multimídia dentro da sua casa. Assista vídeos do computador na tv da sala, tudo através da rede local.

Atualmente, com a pluralidade de equipamentos que temos, fica difícil armazenar arquivos em um único, então, temos fotos da última viagem em uma máquina digital, músicas no notebook, vídeos no HD externo e assim por diante. Colocar tudo em ordem é praticamente impossível, assim, quando queremos escutar as músicas que estão armazenadas no notebook em um computador com caixas de som mais potentes, acabamos selecionando os arquivos e levando até a outra máquina. Não é verdade? A boa notícia é que existe um meio para tudo isso acabar e, com isso, você poderá acessar as imagens da câmera digital e vê-las na sua TV sem precisar de cabos ou mesmo muitos artifícios, como também, escutar as suas músicas preferidas sem a necessidade de ter que repassar para o outro aparelho. A solução para tudo isso se chama DLNA (Digital Living Network Alliance).

Mas afinal, o que é realmente o DLNA?

O DLNA é um padrão estabelecido de comunicação de equipamentos eletrônicos de diferentes marcas e, trabalha com intercomunicação no baixo nível entre dispositivos ligados em rede. O DLNA foi formado no ano de 2003 com outro nome, “Digital Home Working Group”, um ano após, mudou para o que é conhecido hoje em dia. 

O principal objetivo do DLNA é facilitar a vida do usuário de tecnologia, levando a ele a possibilidade de compartilhamento multimídia em um ambiente doméstico utilizando a tecnologia Wireless.  Com essa tecnologia é possível promover a operacionalidade de vários equipamentos com ou mesmo sem fio.

Nos dias atuais, cerca de 220 companhias fazem parte do grupo que contam com essa tecnologia. Dentre elas, 26 são responsáveis por desenvolver a tecnologia, como a Sony, Intel, Microsoft, entre outras gigantes no meio.  A Aliança, como é chamado esse grupo, conta com quatro laboratórios de testes nos Estados Unidos, Japão, Bélgica e Taiwan.

O que esta tecnologia muda na nossa vida?

Por muitos anos cada equipamento só poderia funcionar individualmente, nada era interligado. Na verdade, acabava não fazendo muita diferença, para tanto, nos dias atuais, com o grande número de acessórios tecnológicos fica mais difícil fugir dessa integração que já está acontecendo. 

Atualmente é possível que exista cerca de oito mil dispositivos que já contam o certificado DLNA e estão aptos para compartilhar músicas, fotos e vídeos, entre celulares, câmeras digitais, televisores, vídeo games, notebooks, impressoras, entre outros, todos interconectados através de uma rede com ou sem fio.

Vamos conhecer algumas funcionalidades dessa tecnologia:

  • Ouvir músicas: Com a tecnologia DLNA é possível escutar as músicas que estão armazenas em um simples netbook em um computador com caixas de som mais potentes, para isso, basta conectar os dois com a tecnologia DLNA.
  • Assistir filmes: Vamos imaginar que um vídeo tenha sido gravado no último passeio com a família, porventura, deixou armazenado em HD externo  após ser editado e agora quer relembrar o passeio com a família e vê-lo na TV. Com a tecnologia DLNA é possível e melhor, não é necessário o uso e qualquer tipo de cabo.
  • Troca de músicas: O Bluetooth não é mais necessário agora, com a tecnologia DLNA ficou fácil transportar as músicas de um celular para um notebook.
  • Imprimir fotos: A foto que você recebeu em seu celular poderá ser impressa com o uso da tecnologia, ainda poderá visualizá-la em uma TV, sem a necessidade de ser repassada para vários equipamentos.

 

Característica do sistema DLNA

O DLNA funciona com três tipos de conexões: Wireless, Ethermet e MoCa.  O sistema conta ainda com vários formatos de arquivos multimídia e aplicativos diferentes, tudo isso com um único objetivo, facilitar a vida dos usuários. 

Muitos produtos já receberam o certificado DLNA, entre eles, grande parte dos notebooks da marca Sony, aparelhos celulares, dispositivos de armazenamento de mídia entre outros tantos produtos. Para quem tem interesse em saber se um certo aparelho já recebeu o selo DLNA, basta consultar o link: www.dlna.org/consumer-home/look-for-dlna/product-search

Dispositivos compatíveis com o DLNA

  • Digital Media Server (DMS):  São dispositivos que tem a capacidade de  fornecer aos demais o poder de receber, armazenar, como também gravar conteúdo de mídia;
  • Digital Media Player (DMP): São dispositivos que possuem a capacidade de encontrar DMS na rede e  assim, reproduzir conteúdos de multimídia;
  • Digital Media Renderer (DMR): São dispositivos que contam com o poder de reproduzir conteúdo multimídia recebido de um DMS vindo de outro dispositivo da rede como um DMC;
  • Digital Media Controller (DMC): São dispositivos com a capacidade de controlar o conteúdo multimídia proveniente de um DMS que está sendo reproduzido por um DMP, uma espécie de controle remoto.

 

Após as quatro principais categorias mencionadas acima, existem mais algumas subcategorias como: Digital Media Printer (DMPr) e as categorias para dispositivos móvel conhecidas como Mobile, M-DMS, M-DMP, M-DMR e M-DMC. Abaixo veja alguns dispositivos e as categorias que se enquadram:

  • Televisores: DMP ou DMR;
  • Gravadores de vídeo digital (DVRs): DMP, DMS ou ambos;
  • Celulares: M-DMS, M-DMP ou M-DMC;
  • Servidor de Armazenamento (NAS): DMS;
  • Sistemas de som: DMP ou DMR;
  • Notebooks: DMS, DMP, DMC ou DMR;
  • PDAs: A probabilidade maior é que os PDAs serão certificados como M-DMC, porém dependendo do software instalado ele poderá até ser um M-DMS;
  • Impressoras: DMPR;
  • Adaptadores de mídia digital (DMA): Geralmente são DMP, mas podem ser DMR também.

 

Como posso ter acesso a essa tecnologia?

Para quem quer fazer uso desta tecnologia, em primeiro lugar deverá verificar se o produto ao qual está comprando possui certificação DLNA.  Assim, para ter certeza que está levando para casa um produto com a tecnologia, é preciso constar o selo. Em segundo lugar, para obter êxito em sua escolha, você terá que ter em casa disponível uma rede sem fio (Wi-Fi b/g/n ou Wireless).

No link www.dlna.org/consumer-home/look-for-dlna/product-search você poderá consultar se o seu aparelho é compatível ou não.

Atualmente cerca de 8.000 modelos de aparelhos eletrônicos possuem a certificação do DLNA,  saiba que muitos aparelhos contam com esse selo, não somente televisores e computadores, mas vários outros, como smartphones LG Optimus, por exemplo, tablets como Motorola Xoom, impressoras, câmeras digitais com Wi-Fi e suporte ao padrão DLNA e até mesmo o console da Sony, o PlayStation 3.

Os aparelhos citados acima realmente são de ótima qualidade, assim como a maioria dos produtos que contam com certificação DLNA, porém, o que implica um pouco da escolha dos usuários é mesmo o valor, eles costumam ser um pouco inacessíveis financeiramente. 

Para tanto, para quem não abre mão das facilidades que a tecnologia pode oferecer, poderá usufruir dos produtos com a certificação. Realmente o grande diferencial dos produtos com essa tecnologia é a multiplicidade de coisas que podem ser feitas. Um prato cheio aos amantes de tecnológicos. 

DLNA com Windows 7

Você procurou pelo selo DLNA e encontrou. O próximo passo agora é sincronizar a televisão com o computador desejado. A maioria das TVs que possuem o certificado vêm com um CD, que contém o software usado para fazer a conexão. Insira-o no computador, procure pelo programa e instale-o. No caso do Windows 7, ele também já possui um assistente que faz a conexão com a sua TV. Digite “streaming” na pesquisa do menu Iniciar e pressione “Enter”. Procure pela televisão e selecione a opção “Permitido”. (tecmundo)

 

Como usar DLNA no meu Android?

Milhares de produtos no mercado já contam certificação DLNA e parte destes são dispositivos que rodam o Sistema Operacional Android. Isso possibilita que tais dispositivos possam acessar e trocar conteúdos de mídia com TVs (e não estou falando apenas das Smart TVs, lançadas recentemente e a promissoras Google TV), DVD e Blu-ray players, consoles de jogos, PCs, etc. Hoje existem vários aplicativos que possibilitam a conexão do Android com outros dispositivos DLNA. Segue abaixo alguns exemplos desses aplicativos, com uma breve descrição de cada um deles. Em breve publicaremos reviews de alguns deles, com testes e especificações mais detalhadas.

  • 2player: Este player transforma o Android num controle remoto, sendo possível tocar músicas dos, ou nos, outros dispositivos de mídia ligados na rede doméstica. Controla remotamente o Windows 7 Media Play, Windows 7 Media Center e Xbox 360 media Center. Acessa a maioria dos dispositivos DLNA, como servidores de mídia, TVs e outros. Aplicativo disponível no Android Market.
  • Skifta: Primeiro aplicativo Android com certificação DLNA (a maioria dos aplicativos não é certificada), permite reproduzir músicas digitais, fotos e vídeos dos/nos demais dispositivos conectados à rede. Aplicativo disponível no Android Market.
  • iMediaShare: Permite a transmissão e controle de conteúdos multimídia a partir do smartphone para a os demais sistemas DLNA, usando a conexão Wi-Fi. Aplicativo disponível no Android Market.
  • TwonkyMobile: este aplicativo permite o compartilhamento de mídia online e llocal entre uma grande variedade de dispositivos. Aplicativo disponível no Android Market.
  • aMedia Control: Controla arquivos de mídia como filmes, fotos ou músicas a partir do Android, procurando conteúdo nos servidores DLNA e reproduzindo no dispositivo Android ou em outro reprodutor compatível. Aplicativo disponível no Android Market.
  • DLNA Product Search: Este aplicativo permite que você consulte informações sobre produtos com certificação DLNA. Baixe pelo Android Market.
 
Comentários:



TOPO