O que é Aurora Boreal?

A Aurora Boreal, bem como a Aurora Austral são fenômenos que ocorrem nas regiões polares da Terra.

Por | @oficinadanet Ciência

No geral, os fenômenos podem ser vistos no final da tarde e principalmente à noite. Não é necessário qualquer instrumento para acompanhar as Auroras Boreal e Austral, sendo que podem ser visualizadas a olho nu. O episódio, que costuma fascinar muitas pessoas, são shows de luzes brilhantes e coloridas. O acontecimento deve-se ao contato dos ventos solares com o campo magnético do nosso planeta.

Diferença entre Aurora Boreal e Austral

Os fenômenos de Aurora Boreal e Austral são os mesmos, o que os difere é justamente a localização deles. Sendo que quando ocorre em regiões próximas ao polo norte é chamado de Aurora Boreal, e quando ocorre no polo sul recebe o nome de Aurora Austral.

O nome Aurora Boreal foi dado pelo astrônomo Galileu Galilei em homenagem à deusa Aurora (do amanhecer) e seu filho Boreas. O fenômeno também pode ocorrer em outros planetas além da Terra, como em Júpiter, Saturno e Marte. No geral, os fenômenos podem ser melhores vistos entre os meses de fevereiro, março, abril, setembro e outubro.

Como acontece a Aurora Boreal e Austral

Como vimos anteriormente, a Aurora Boreal é um fenômeno óptico que acontece no extremo norte da Terra. A Aurora Austral, por sua vez, acontece no hemisfério sul do planeta. A ocorrência do fenômeno está associada de forma direta aos ventos solares e ao campo magnético da Terra.

A Aurora Boreal ocorre quando uma grande quantidade de elétrons provenientes dos ventos solares acaba interagindo com elementos da atmosfera da Terra em uma grande velocidade. Essa interação faz com que um forte choque aconteça entre as moléculas, o que cria um fotão luminoso. A cor varia de acordo com o comprimento de onda gerado pelas partículas envolvidas no processo. Por essa razão não é possível determinar uma única cor ao fenômeno.

Leia também:

As Auroras polares, como são chamadas em conjunto a Aurora Boreal e Austral, acontecem somente em áreas de elevada altitude em virtude da força do campo magnético do nosso planeta. No caso, os ventos solares que estão carregados de elétrons tem velocidade de movimentação de 1,6 milhões de quilômetros por hora, e ao chegar à Terra, são facilmente guiados pela forma magnética que é gerada pelo núcleo terrestre, e assim vão em direção às áreas polares.

Nessa ocasião, uma parte do vento solar acaba sendo captada pela ionosfera, que é a camada superior da atmosfera. E assim, conduzida e acelerada em um “túnel magnético” que é formado, o que determina os efeitos de luzes na interação desse vento solar carregado de elétrons com os gases atmosféricos.

O fenômeno pode ser acompanhado em diversas cores, isto tudo dependendo do tipo de gás ou mesmo molécula participante da interação com os ventos solares carregados de elétrons. Dependendo da altitude em que o fenômeno ocorre, o oxigênio pode gerar Auroras Boreais de cores verdes ou vermelhas. Porém, através do nitrogênio, e também dependendo da altitude, poderá gerar Auroras nas cores azuis, violetas ou púrpuras.

Onde o fenômeno pode ser acompanhado?

A Aurora Boreal é um espetáculo muito bonito da natureza, sendo que atrai a curiosidade de muitas pessoas. Porém, infelizmente, como vimos anteriormente, não ocorre em qualquer ponto do planeta. Por isso, para quem deseja acompanhar de perto o fenômeno, e que não more nos locais próximos ao evento, terão que percorrer milhares de quilômetros.

O evento natural costuma ser um grande atrativo turístico, sendo procurado por milhares de pessoas todos os anos. No mundo, o local em que há maior ocorrência do fenômeno é na cidade de Lapônia, na Finlândia. Nos meses de setembro e outro, que costumam ocorrer o evento, muitas pessoas se deslocam ao local para acompanhar a Aurora Boreal. Os meses de fevereiro e março também costumam ser propícios ao surgimento do evento.

O site Fodors listou dez locais mais propícios para avistar Auroras Boreais. Confira:

Noruega 
No norte da Noruega, a cidade de Tromso recebe com frequência  as Auroras Boreais. O evento costuma ocorrer com o fim do verão.

O que é Aurora Boreal?
Aurora Boreal na Noruega.

Suécia
O vilarejo de Abisko, na região da Lapônia, tem população de apenas150 habitantes. Porém, durante o escuro inverno, o local recebe vários turistas, principalmente no Parque Nacional de Abisko, um excelente local para apreciar o belo espetáculo da natureza.

Finlândia 
No norte da Finlândia,  na cidade e de Luosto, os turistas podem acompanhar o espetáculo natura da Aurora Boreal. O hotel Aurora Chalet, inclusive, entrega a seus hóspedes um “Alarme de Auroras”, que toca quando as luzes coloridas surgem no céu.

Islândia 
Durante o inverno, moradores e turistas também podem apreciar o fenômeno da Aurora Boreal.  Próximo de Reykjavik, capital do  país, o Parque Nacional de Pingvellir  conta com planícies ideais para observar as luzes coloridas.  

Alasca 
Durante o inverno o Alasca registra a aparição das Auroras Boreais. Para observar o fenômeno é ideal é ir para as regiões mais remotas, como o Parque Nacional de Denali.

O que é Aurora Boreal?
Alasca.

Canadá 
No Canadá, vários pontos são propícios para a observação do fenômeno das luzes coloridas.  As áreas em volta do lago Superior, no Ontário, a tundra do norte do país, e o território de Yukon, próximo ao Alasca, são alguns locais propícios para a visualização do fenômeno. 

Groenlândia 
A Groelândia também costuma ser um país procurado por turistas para a observação das Auroras Boreais. O fenômeno costuma ocorrer em quase todo o território, porém, como destaque de visualização tem-se o leste da Groenlândia, em localidades como Kulusuk e Ammassalik.

O que é Aurora Boreal?
Fenômeno acompanhado na Groelândia.

Escócia 
Apesar de muito comum, nas raras noites de céu claro é possível acompanhar o fenômeno de Aurora Boreal. O fenômeno pode ser apreciado principalmente nas localidades de Aberdeen, a Ilha de Skye e as terras altas do norte.

Rússia 
No inverno russo é possível acompanhar o fenômeno. Um dos pontos mais populares para acompanhar a Aurora Boreal na península de Kola, no noroeste do país.

Ilhas Faroe 
Ao norte da Escócia, entre o Mar da Noruega e o Atlântico Norte, as Ilhas Faroe  podem servir de cenário para o acontecimento de luzes brilhantes e coloridas.

Confira as imagens da Aurora Boreal no Alasca.

Quer ver mais notícias relacionadas a esta? Siga a seção de Ciência no Oficina da Net.

Fontes: Terra, Fodors, Brasil Escola

Mais sobre: aurora boreal alasca
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter