DHCP

DHCP é um conjunto de regras usadas por dispositivos de comunicação tais como um computador, router ou placa de rede permitindo a estes dispositivos pedir e obter endereços IP de um servidor contendo uma lista de endereços disponíveis para atribuição.

Por | @oficinadanet Hardware
DHCP é um conjunto de regras usadas por dispositivos de comunicação tais como um computador, router ou placa de rede permitindo a estes dispositivos pedir e obter endereços IP de um servidor contendo uma lista de endereços disponíveis para atribuição.

O DHCP, Dynamic Host Configuration Protocol, é um protocolo de serviço TCP/IP que oferece configuração dinâmica de terminais, com concessão de endereços IP de host e outros parâmetros de configuração para clientes de rede. Este protocolo é o sucessor do BOOTP que, embora mais simples, tornou-se limitado para as exigências atuais. O DHCP surgiu como standard em Outubro de 1993. O RFC 2131 contém as especificações mais atuais (Março de 1997). O último standard para a especificação do DHCP sobre IPv6 (DHCPv6) foi publicado a Julho de 2003 como RFC 3315.

Resumidamente, o DHCP opera da seguinte forma:
    • Um cliente envia um pacote broadcast (destinado a todas as máquinas) com um pedido DHCP
    • Os servidores DHCP que capturarem este pacote irão responder (se o cliente se enquadrar numa série de critérios — ver abaixo) com um pacote com configurações onde constará, pelo menos, um endereço IP, uma máscara de rede e outros dados opcionais, como o gateway, servidores de DNS, etc.

O DHCP usa um modelo cliente-servidor, no qual o servidor DHCP mantém o gerenciamento centralizado dos endereços IP usados na rede.

Critérios de ição de IPs

O DHCP oferece três tipos de alocação de endereços IP:
    • Atribuição manual - Onde existe uma tabela de associação entre o Endereço MAC do cliente (que será comparado através do pacote broadcas recebido) e o endereço IP (e restantes dados) a fornecer. Esta associação é feita manualmente pelo administrador de rede; por conseguinte, apenas os clientes cujo MAC consta nesta lista poderão receber confrações desse servidor;
    • Atribuição automática - On o cliente obtém um endereço de um espaço de endereços possíveis, especificado pelo administrador. Geralmente não existe vínculo entre os vários MAC's habilitados a esse espaço de endereços;
    • Atribuição dinâmica - O único método que e a reutilização dinâmica dos endereços. O administrador disponibiliza um espaço de endereços possíveis, e cada cliente terá o software TCP/IP da sua interface de rede configurados para requisitar um endereço por DHCP assim que a máquina arranque. A alocação utiliza um mecanismo de aluguel do endereço, caracteriz por um tempo de vida. Após a máquina se desligar, o tempo de vida naturalmente irá expirar, e da próxima vez que o cliente se ligue, o endereço provavelmente será outro.

Algumas implementações do software servidor de DHCP perem ainda a actualização dinâmica dos servidores de DNS para que cada cliente disponha também de um DNS. Este mecanismo utiliza o protocolo de actualização do DNS especificado no RFC 2136T

Fonte: target="_blank">Wikipédia

Mais sobre:
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo