O LSASS é responsável pela imposição de políticas de segurança nos sistemas Windows e é usado pelo sistema para adicionar entradas ao log de segurança, além de manipular logins de usuários, alterações de senha e criação de tokens de acesso.

Quando o LSASS falha, o usuário perde imediatamente o acesso a todas as contas disponíveis na máquina, um erro é exibido e a máquina é forçada a reiniciar.

Dispositivos executando o Windows 10 1809 ou posterior são afetados

A Microsoft explica que o arquivo LSASS (Serviço de Subsistema de Autoridade de Segurança Local) (lsass.exe) pode falhar em alguns dispositivos com a mensagem de erro:

"A critical system process, C:WINDOWSsystem32lsass.exe, failed with status code c0000008. The machine must now be restarted."]

O problema conhecido foi adicionado hoje pela Microsoft nas entradas do KB4557957 e KB4560960 atualizações cumulativas publicados como parte deste mês "Patch Tuesday", em 9 de Junho de 2020, bem como sobre as entradas de KB4567512 e KB4567523 atualizações opcionais que fixa a edição anterior causando problemas de impressão.

Embora essas atualizações possam ser aplicadas apenas ao Windows 10 versões 1903 ou posterior, os usuários também relataram ter o mesmo problema de dispositivos executando instalações totalmente atualizadas do Windows 10, versão 1809.

"Temos algumas máquinas em nosso domínio que está travando no login", relatou um usuário. "Eles recebem a mensagem 'Seu PC reiniciará automaticamente em um minuto' e são forçados a reiniciar. Após o reinício, eles podem se conectar novamente e continuar trabalhando até o dia seguinte."

Outro usuário disse que estava tendo reinicializações aleatórias depois que seu notebook executando o Windows 10 1809 Enterprise foi atualizado.

A Microsoft ainda não reconheceu formalmente os problemas (nenhum novo documento de suporte foi publicado ou novos problemas conhecidos foram adicionados ao painel de integridade do Windows 10 até o momento) e uma correção oficial para esse problema ainda não está disponível.

No entanto, como a empresa explica, os desenvolvedores estão trabalhando em uma atualização a ser fornecida aos clientes afetados como parte de um próximo update.

Embora uma correção oficial não esteja disponível, os usuários que não puderem usar seus dispositivos devido à falha contínua do LSASS podem se livrar do problema desinstalando as atualizações cumulativas de junho de 2020.

Antes de desinstalar as duas atualizações cumulativas, você deve primeiro saber que também está removendo a atualização que resolve problemas de segurança que afetam o dispositivo Windows 10.

A Microsoft diz nos detalhes das duas atualizações ( 1 , 2 ) que elas podem ser removidas "selecionando Exibir atualizações instaladas no Painel de Controle de Programas e Recursos".

Se você deseja remover tais atualizações, siga este procedimento:

  1. Clique no botão Iniciar ou use a Pesquisa na área de trabalho do Windows, digite histórico de atualizações e selecione Exibir seu histórico de atualizações.
  2. Na janela de diálogo Configurações / Exibir histórico de atualização, selecione Desinstalar atualizações.
  3. Na janela de diálogo Atualizações instaladas, localize e selecione KB4560960 ou KB4557957 e selecione o botão Desinstalar.
  4. Reinicie seu dispositivo.

Pronto seu computador com Windows 10 deverá parar com as reinicializações aleatórias. Agora só nos resta torcer para que a Microsoft traga uma atualização que corrija o problema e, o mais importante, não cause outros.