O recurso permite que usuários façam pagamentos diretamente pelo chat do aplicativo, não necessitando comparecer ao local para efetuar a compra. A novidade finalmente chega ao Brasil e deve ajudar os mais de 10 milhões de micro/pequenas empresas atualmente operando no país, além de facilitar a vida dos seus clientes.

A função não fica restrita a somente pessoas jurídicas (com CNPJ), o recurso fica disponível para pessoas físicas, o que significa que você pode mandar dinheiro para os seus amigos e/ou família, seja para ajudar a pagar alguma conta ou dividir aquela pizza de sexta-feira a noite.

A chegada da novidade

A boa notícia é que o recurso já começa a ser disponibilizado a partir de hoje, pouco a pouco os usuários do WhatsApp aqui no país começaram a receber a função em seus aplicativos, então caso você não veja ela disponível hoje, espere um pouco que logo mais a mesma deve aparecer em seu app, não esqueça de atualizá-lo para garantir que receberá a função.

A função ativada utilizando o Facebook Pay, afinal a empresa adquiriu o WhatsApp em 2014 por US$ 16 bilhões, notícia que percorreu o mundo na época e mostrou as intenções de Mark Zuckerberg em expandir a sua "rede" de aplicativos.

Para garantir uma melhor segurança de quem utilizar os pagamentos do Zap, uma senha de 6 dígitos ou uma verificação biométrica - seja por digital ou reconhecimento facial - será necessária para garantir que ninguém esteja utilizando a sua conta com má fé.

Pagamentos por chat no WhatsApp
Pagamentos por chat no WhatsApp

Instituições e taxas

Por ser uma função bem recente não são todas instituições bancárias que estão aceitando pagamentos, pelo menos não no momento. Hoje os bancos e instituições financeiras que aceitam tais pagamentos são o Banco do Brasil, Nubank e Sicredi nas funções débito e crédito, com mais instituições sendo agregadas com o passar do tempo. A empresa também está trabalhando com a Cielo para trazer mais formas de pagamentos e facilidades para quem quiser utilizar.

Se você decidir mandar dinheiro para uma pessoa física não haverá nenhuma taxa cobrada, porém caso você seja uma empresa recebendo, uma pequena taxa de processamento será cobrada, porém não foi informado qual a porcentagem da mesma, somente que será bem parecida as taxas já cobradas em transações feitas por cartões de crédito.