WhatsApp deixará de funcionar em aparelhos com sistemas antigos, veja quais

Em comunicado, aparelhos Apple e Android bem desatualizados deverão perder o WhatsApp a partir de fevereiro, enquanto o Windows Phone o perderá já em janeiro de 2020.

Por WhatsApp Pular para comentários
WhatsApp - Imagem: Divulgação
WhatsApp - Imagem: Divulgação

Para quem tem um smartphone muito velho, o WhatsApp poderá lhe deixar. O aplicativo está avisando aos usuários que logo deixará de suportar aparelhos Apple com sistema operacional inferior ou igual ao iOS 8, e aparelhos Android com OS inferior 2.3.7 ou abaixo.

A informação vem de um comunicado emitido pelo WhatsApp, que também revela que o app deixará de funcionar no Windows Phone a partir de 1º de janeiro de 2020, enquanto os com sistemas operacionais antigos deixarão de comportar o app a partir de 1º de fevereiro. Diversas funções podem ainda parar antes dessas datas.

Conforme mostra o comunicado:

"Você não pode criar contas novas e nem reverificar contas existentes nos sistemas operacionais a seguir, mas poderá continuar a usar o WhatsApp no:

  • Android 2.3.7 e versões anteriores até 01/02/2020.
  • iOS 8 e versões anteriores até 01/02/2020.

Você não poderá mais usar o WhatsApp em nenhum sistema operacional do Windows Phone após 31/12/2019 e o app pode não estar disponível na Microsoft Store depois de 01/07/2019.

Observação: como não iremos mais desenvolver o WhatsApp para os sistemas operacionais mencionados, alguns recursos poderão parar de funcionar a qualquer momento."

Sendo o aplicativo de mensagens instantâneas mais popular no Brasil, a perda do WhatsApp deve ser algo muito importante para considerar trocar de celular. Infelizmente, mesmo com aparelhos bons e duráveis, a obsolescência é inevitável e serviços online e de software de maneira geral sempre deixam de comportar aparelhos mais antigos para dar espaço a aparelhos e tecnologias mais novas.

Recomendamos ler:

Acompanhe as últimas notícias de tecnologia aqui no Oficina da Net. Sempre trazendo conteúdos novos e produtos interessantes.

Comentários:
Carregar comentários