Uma grande atualização do WhatsApp significa que o aplicativo de mensagens mais popular do mundo está prestes a parar de funcionar em milhões de smartphones em todo o mundo.

No início do ano, usuários de Windows Phone, mais precisamente a partir de 1º de janeiro, perderam seu acesso ao aplicativo de mensagens.

Agora, usuários com versões mais antigas do whatsapp para Android e iOS tem até o final deste mês de janeiro para atualizar seus aplicativos. Caso seus smartphones não permitam atualizações mais recentes, infelizmente o uso só poderá ser realizado trocando de dispositivo.

O WhatsApp afirmou que o bloqueio de certos sistemas operacionais móveis é necessário para garantir a segurança de todos os usuários que usam o aplicativo para troca de mensagens, arquivos, voz e vídeo.

"Como não desenvolvemos mais ativamente para esses sistemas operacionais, alguns recursos podem parar de funcionar a qualquer momento", escreveu o WhatsApp em uma série de postagens em seu site.

"Para uma melhor experiência, recomendamos que você use a versão mais recente do iOS ou Android disponível para o seu dispositivo."

Os smartphones Android com uma versão inferior a 2.33 - também conhecida como Gingerbread - perderão o suporte, assim como os proprietários de iPhone que usam o iOS 8 ou anterior.

Qualquer pessoa afetada por isso não poderá criar uma nova conta, além de ser bloqueada de suas contas existentes.

A Apple lançou o iOS 8 em 2014, o que significa que qualquer pessoa com um iPhone 6 ou mais recente será poupada desse corte. O iOS 8 é compatível com o iPhone 4s, iPhone 5, iPhone 5c e iPhone 5s, portanto, recomenda-se que os proprietários desses smartphones atualizem seus dispositivos se ainda não o fizeram.

Para os proprietários de aparelhos Android, que representam a maioria dos usuários do WhatsApp, a situação é um pouco mais complicada.

O Android Gingerbread foi lançado em 2010, então todos os smartphones Google, Huawei, Samsung e Sony da última década estão seguros. No entanto, alguns modelos lançados antes de 2010 também serão seguros, desde que atualizados para a versão mais recente disponível.