O que é o USB Type-C?

Conheça o novo cabo USB revolucionário que poderá ser encaixado dos dois lados.

Por | @grasiel_grasel Games

Anunciado em 2014, o USB Type-C é mais uma possível inovação tecnológicas que visa deixar tudo mais pequeno e prático, afinal, este novo meio de transmissão de dados seria tão rápido e prático quanto o padrão que encontramos hoje, não apenas por ter sua velocidade aumentada, mas também por poder ter o seu cabo macho engatado de qualquer lado, ou seja, seria o fim das infinitas tentativas de encaixar um USB do lado errado.

Quando falamos que o conector permite maiores velocidades, estamos falando de uma tecnologia adotada pelo padrão USB 3.1, que atinge até 10GB/s, o dobro do que é possível atingir com uma porta USB 3.0, que já é muito superior ao padrão comum, que vemos frequentemente no mercado.

O que é o USB Type-C?

Como se já não bastasse, um cabo USB-C é compatível com a tecnologia USB Power Delivery, apresentada em 2012, mas lançada apenas em 2014, que permite um fornecimento de até 100W de energia, o que é suficiente para carregar a bateria de um notebook! Incrível, não é mesmo?

Essa capacidade de transmitir energia flui nos dois sentidos do cabo, ou seja, um aparelho ligado a ele pode tanto receber quanto fornecer sua energia para outra fonte. Agora, pare sua leitura por um momento e imagine a revolução que um simples cabo poderia fazer em todos os padrões energéticos da atualidade que, claro, não atinjam o limite de 100W. Agora imagine que futuramente o USB C pode evoluir e suportar qualquer aparelho elétrico.

A utilidade do USB Type-C não se restringe a transmissão de dados ou energia de um aparelho para outro, a sua velocidade é tão alta que, se você quisesse transmitir áudio e vídeo do seu notebook para um monitor externo, além do sinal ser imediato e a qualidade ser a melhor possível, você estaria carregando o aparelho ao mesmo tempo.

O que é o USB Type-C?

Os problemas do USB Type-C

O grande problema de novas tecnologias como a USB-C é ter que adaptar o mercado às novidades, o USB 3.0 ainda é uma novidade e até hoje são poucos os produtos que vemos permitindo tal conexão. Ok, a praticidade do Type-C pode acabar chamando mais a atenção de fabricantes e estes acabem investindo na ideia, mas isto é apenas uma possibilidade ainda.

Um aparelho que está utilizando a nova tecnologia com maestria é o novo MacBook, no entanto, como já havíamos comentado, é necessária uma adaptação de todo o mercado para você não precisar andar com adaptadores a tiracolo, que no caso do aparelho da Apple, são bem caros. Um simples adaptador USB-C/USB 3.0 custa incríveis R$149,00 na loja da Apple. Ou então, talvez você esteja precisando de um adaptador HDMI para uma apresentação em um monitor externo? Para isto basta desembolsar absurdos R$599,00. É claro, você encontra cabos “mais baratos” no mercado, mas a Apple já reportou receber reclamações de clientes que fritavam seus aparelhos a utilizar cabos de terceiros.

O que é o USB Type-C?

Novos produtos e novas adaptações

A USB Type-C também pode revolucionar a indústria de laptops, que a partir de agora poderão ser mais finos pois, o conector USB, de energia, de vídeo e de áudio estarão todos em uma única porta, ocupando menos espaço e acompanhando a miniaturização de hardware que evolui a cada ano, deixando os laptops cada vez mais potentes e leves.

Mídias extermas como HDs e Pendrives já estão sendo desenvolvidos para suportar as mudanças, um dos primeiros deles foi o da SanDisk, que revelou o seu produto na MWC 2015, ele tem 32GB de espaço e em uma ponta apresenta um conector USB 3.0, enquanto na outra está o conector USB-C, perfeito para quem não quer ter que depender de adaptadores.

O que é o USB Type-C?

Leia também:

Quando falamos da utilização do novo USB para recarregar smartphones, uma mágica parece estar perto da realidade é a recarga em menos de uma hora. Um Xperia Z3, por exemplo, que tem uma bateria compatível com a tecnologia, pode ser carregado em pouco mais de uma hora, no entanto, aprimoramento em baterias de smatphones atuais e futuros permitem que este tempo seja consideravelmente reduzido.

Enquanto não temos a presença do USB-C tão frequente no mercado, o que nos resta é ter a esperança de que as marcas comecem a leva-lo a sério e tornem este sonho de unificar conexões uma realidade, afinal, a tecnologia está aí, pronta, basta achar um meio de aplica-la em nossos smartphones, tablets, notebooks, smartTVs, e quaisquer outros aparelhos que possam suportar a Type-C.

Mais sobre: USB-C, USB, Conexoes
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.