Os melhores jogos do Dreamcast

Conheça os melhores games do Dreamcast, o último console da Sega

Por | @grasiel_grasel Games

Nos anos 90 o sonho de todo garoto era ter um árcade dentro de casa, e disso todos os desenvolvedores de games e consoles sabiam, portanto, abrindo a sexta geração de consoles, a Sega lançou o Dreamcast, o console que melhor soube rodar os jogos dos árcades que todos amavam jogar. Como era de costuma uma grande quantidade de jogos para as maquinas de fliperamas serem de jogos de luta, não é novidade que o Dreamcast tem alguns dos maiores títulos da categoria, portanto, você os verá com frequência nessa lista.

Embora tenha atingido um sucesso considerável, a Sega resolveu descontinuar o Dreamcast em 2003, cinco anos depois do seu lançamento, o que foi realmente lamentável, pois, títulos de muito futuro como Shenmue foram abandonados e nunca mais vistos nos videogames. O imenso fracasso do Sega Saturn na américa acabou deixando um legado nada positivo para o seu sucessor, que acabou sendo obrigado a ficar na vitrine enquanto os consumidores dizimavam os estoques do PlayStation 2.

O último console da Sega pode não ter sido o melhor de todos os tempos, mas com certeza foi o mais injustiçado, afinal, jogos de qualidade não faltavam em sua plataforma, principalmente para os amantes de árcades e jogos de luta, que tinham um prato cheio com o console. Com essa lista fica a nossa saudade dos consoles da empresa, que embora com alguns erros, soube desenvolver alguns dos melhores videogames da história.

Power Stone 2

Um dos maiores clássicos da porradaria em arena já lançados até hoje. Claro, temos títulos muito mais fortes como Super Smash Bros. do Nintendo 64, no entanto, nem mesmo este ou nenhum outro game do estilo conseguiu reproduzir o quão frenético era de Power Stone, a pressão constante do cenário completamente destrutivo tentando te esmagar enquanto outros três (se no modo contra todos) jogadores faziam o possível para te matar e vencer a partida era simplesmente incrível!

Crazy Taxi

Fala aí, você pode até não ter gostado muito da simplicidade de Crazy Taxy, mas quando entrava no mundo aberto do game e ouvia aquela trilha sonora sensacional, era impossível não perder algumas horas. Mesmo sendo o seu único objetivo levar passageiros até os seus destinos, a empolgação deles a cada manobra sua era contagiante, fazendo você vibrar tanto quanto eles a cada carona bem-sucedida.

Virtua Fighter 3

Não apenas por ser um game excelente do Dreamcast, mas também por ser o primeiro jogo de luta da história a usar uma plataforma 3D Virtua Fighter tem uma vaga merecidíssima na nossa lista. Servindo de inspiração para grandes sagas que vivem até hoje como, por exemplo, Tekken, esta foi mais uma excelente série de games abandonada pela Sega, que teve como maior título no Dreamcast o jogo Virtua Fighter 3.

Resident Evil CODE: Veronica

A sequência direta de Resident Evil 2, Resident Evil CODE: Veronica, só não se chamou RE3 por questões contratuais da Capcom com a Sony, o game já estava pronto quando a parceria das duas empresas foi firmada e, para não ser jogado no lixo, teve apenas o seu nome modificado. Nenhum problema do tipo foi forte o suficiente para impedir que a história de Claire e seu irmão Chris fosse contada neste game incrível, que além de ser um dos favoritos dos fãs da saga de survival, também está na lista dos mais vendidos do Dreamcast.

Jet Set Radio

Um dos games que mais se destacou no Dreamcast por toda a liberdade oferecida ao jogador era Jet Set Radio, um game onde devemos controlar grafiteiros que estão em uma guerra por territórios em uma cidade futurística. Por mais maluco que pareça, o sistema de gameplay do game é absolutamente incrível, principalmente pela jogabilidade desenvolvida com o personagem que anda sobre patins o jogo inteiro, dando uma fluidez e velocidade muito diferenciada para o mesmo.

Marvel vs. Capcom 2: New Age of Heroes

Sempre  foi comum nerds que gostavam de videogames gostarem também de quadrinhos, não é mesmo? Pois imagine a reação dos gamers amantes de HQs quando descobriram que um game que unia a Capcom, uma das maiores produtoras de jogos de luta do mundo, com a Marvel, aclamada pela genialidade das histórias de seus super-heróis, estava por vir. Marvel vs Capcom 2 é mais um dos títulos que mostram toda a superioridade do console da Sega quando o assunto era games de luta, mesmo eles estando presentes em plataformas concorrentes, era sempre um prazer maior jogar em um Dreamcast.

Skies of Arcadia

Se o PlayStation tinha Final Fantasy, o Dreamcast tinha Skies of Arcadia, um RPG de turnos sensacional, que além de ter o tradicional sistema de batalhas do tipo, dava uma grande importância para a exploração, oferecia um enredo sensacional e uma ambientação incrível, principalmente pela temática de batalhas entre navios voadores!

SoulCalibur

Com o intuito de mudar o conceito básico de que os jogos de luta não poderiam utilizar armas brancas, SoulCalibur mostrou para desenvolvedoras concorrentes que sim, é possível fazer um bom jogo de luta que utiliza estes equipamentos, tanto que a própria série Mortal Kombat já teve vários jogos onde os lutadores tinham armas especiais. O game da Namco é considerado até hoje uma referência no estilo, tanto em inovação quanto em qualidade.

Sonic Adventure 2

Tudo bem, você pode estar querendo me odiar por ter colocado um Sonic em plataforma 3D na lista de melhores jogos de um console da Sega, a empresa de fato destruiu a série com seus jogos em três dimensões, no entanto, Sonic Adventure 2 é sim um bom título e talvez o único jogo em 3D do Sonic que valia a pena ser jogado, bastava o jogador deixar o preconceito de lado e provar o quão bom era o game.

Shenmue

A maior obra prima do Dreamcast, Shenmue, foi um jogo extremamente à frente da sua época, totalmente em mundo aberto, com variações de atitudes dos personagens dependendo do momento do jogo, elementos de point and click muito bem introduzidos e um sistema de luta muito divertido. Só o fato dos personagens terem rotinas e personalidades únicas, um sistema de gameplay que sabe conversar muito bem entre o modo luta e point and click e uma história excelente, não é exagero dar o título de melhor game do Dreamcast a Shenmue.

Leia também:

E aí? Você gostou da nossa lista? Acha que algum outro jogo do Dreamcast deveria estar nela? Deixe o seu comentário abaixo para sabermos a sua opinião! Ah, não esqueça de também comentar qual outro console merece uma lista de melhores jogos aqui no Oficina da Net. :)

Mais sobre: Games, MelhoresJogos, Sega
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.