Crowdtesting - Testes rápidos e de baixo custo

Com os métodos de teste tradicionais é praticamente impossível testar as vastas aplicações e configurações que um software pode ter. Como podemos então testar estes softwares a fundo sem ter grandes custos?

Por | @RicardoRohling Programação

Apresentaremos neste artigo as metodologias de testes CROWDTESTING e como a mesma proporciona economia de custos e tempo, produzindo e corrigindo softwares cada vez mais rápido e com altíssimas qualidades.

Crowdtesting - Testes rápidos e de baixo custo

Origem da palavra crowd testing?

Sua definição tem origem da palavra inglesa Crowdsourcing, que é composta de crowd (multidão) e outsourcing (terceirização). Esses dois processos, juntamente com os testes de softwares, originaram a palavra CROWDTESTING, mais conhecido entre os testadores como multidões de testadores.

Como funciona?

Os testes são realizados por centenas de testadores, na maioria das vezes terceirizados por empresas especializadas em testes de softwares. O desenvolvedor do softwares contrata a empresa de testes; esta, por sua vez, recruta seus testadores (a empresa já possui vários testadores cadastrados para estes testes), esses são responsáveis por realizar os testes e enviar relatórios para a empresa os erros, melhorias, ou sugestões. Em troca destas informações, a empresa dá gratificações que variam dependendo do teor do erro.

Como os softwares são testados por centenas de pessoas, o processo se torna muito rápido. Problemas que demorariam semanas para serem encontrados por equipes internas, são encontrados em dias. Neste mesmo sentido, uma equipe interna independente - se encontrar problemas ou não no software - recebe o salário normalmente, enquanto os testadores CROWDTESTINGS só ganham a gratificação se realmente encontrarem erros.

Podemos dividir está metodologia em três partes distintas, os Desenvolvedores, Empresa de Teste com metodologia CROWDTESTING e os testadores, veremos a seguir o papel de cada um.

Desenvolvedores

As empresas que desenvolvem softwares, na maioria das vezes, não possui uma equipe de testes, com isso os próprios desenvolvedores acabam fazendo esse serviço, porém, os testes de software ocupam muito tempo, existem centenas de aplicações, configurações, hardware, entre muitos outros testes que deveriam ser feitos mas que ficam para trás. Devido a isso, os problemas são encontrados somente na fase de venda do software, deixando o produto a desejar ao não funcionar como esperado.

Leia também:

Empresas que desenvolvem softwares começaram a entender que a melhor maneira de testar softwares é contratando uma equipe de fora da organização, com esta ideia surgiram as empresas de testes de softwares, entre essas as que utilizam as metodologias de CROWDTESTING. As empresas de desenvolvimento contratam o serviço de empresas CROWDTESTING, e estas ficam responsáveis por fornecer o software para seus testadores, e ao final dos testes apresentam os erros e processos que devem ser corrigidos.

Empresas de testes crowdtestings

O papel da empresa de teste de softwares com metodologia CROWDTESTING é basicamente intermediar os processos de testes entre o desenvolvedor e os testadores, a empresa contrata diversos testadores que não precisam necessariamente estar na cidade da empresa, pode estar em qualquer lugar do mundo e falar qualquer idioma; o importante é que pelo menos entenda um pouco de informática.

Os testadores não são cobrados quanto a formação porque só ganham a gratificação se encontrar os erros, caso não encontre nenhum, não ganhara nada. Portanto, quanto mais qualificado for o testador, mais ele pode receber. A empresa recebe os erros encontrados pelos testadores, pagam os mesmos pela quantidade total de erros encontrados, analisa as informações, e repassa tudo que foi encontrado à equipe de desenvolvimento de software.

Testadores

São pessoas que se cadastram junto as empresas de testes de softwares e são solicitados assim que existir algum software para teste.

Os testadores são pessoas que na maioria das vezes querendo ganhar uma renda extra, pois não precisam necessariamente dedicar um tempo fixo para esta atividade, nem determinado horário. A interaçõe entre a empresa e o testador ocorre normalmente de forma online. A empresa solicita o serviço, o testador faz download do software para testar, instala em sua máquina, fazem os testes e retornam relatórios para a empresa. Caso o erro seja novidade, ele ganha uma recompensa, que varia dependendo da gravidade do erro e a grandeza do software.

A Seguir vamos destacar os principais ocorrências de erros que um software pode possuir.

Principais ocorrências de erros

  • Texto: Ocorrência relacionada ao uso incorreto de algum idioma;
  • Melhoria: São sugestões para o aprimoramento do software;
  • Segurança: São falhas que possibilitam um usuário qualquer de acessar o sistema sem fazer uso de autenticação devida;
  • Interface: São relacionadas à interface gráfica e apresentação do software;
  • Funcional: Produzem um comportamento ilógico ou inesperado da aplicação em que o resultado obtido é diferente do esperado. Porém essas falhar podem ser contornadas;
  • Impeditivo: Impedem o uso de alguma funcionalidade do software.

"Salientamos que nenhum software está livre de erros, porém um software não necessariamente possuirá todos os erros acima citado".

Veja abaixo um ranking de recompensas pelos erros encontrado no software "Superplayer" desenvolvido em plataformas Android e IOS, este software é um serviço de recomendação musical, uma rádio online.

Crowdtesting - Testes rápidos e de baixo custo
Imagem retirada do site crowdtest.me

Conclusão

O CROWDTESTING é uma metodologia nova que vem ganhando bastante espaço no mercado, pois torna o processo de testes mais rápido e de pouco custo para a empresa que o desenvolve, além, é claro, de conseguir eliminar o maior número possível de erros, tornando o software de alta qualidade.

Todas as partes ganham ao utilizar este processo, os desenvolvedores não precisam mais possuir equipes assalariadas que ficam responsáveis por esses testes. Já as empresas CROWDTESTING - que intermediam os processos de testes - somente pagam ao testador pelo erro encontrado e, por último, o testador não precisa depender dessa renda para sobreviver, pois pode fazer os testes em qualquer horário, podendo assim, exercer outras funções e ganhar uma rende extra com os testes de softwares.

Alguns das maiores empresas de Crowdtesting estão de portas abertas para recrutar mais testadores. Você pode conferir as possibilidades no Crowdtest.me, Betafamily.com ou o 99tests.com.

Mais sobre: Desenvolvimento, Crowdtesting, crowd
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
Continue lendo
    AINDA NÃO SE INSCREVEU?

    Vem ver os vídeos legais que
    estamos produzindo no Youtube.