O que são sistemas embarcados?

O sistema embarcado, também chamado de sistema embutido, é um sistema microprocessado em que um computador está anexado ao sistema que ele controla.

Por | @RafaelaPozzebon Carreira em TI

Atualmente, vários produtos possuem uma capacidade computacional bastante eficaz, e que estão presentes no nosso dia-a-dia. Eletrodomésticos, por exemplo, contam com sistemas eficazes para garantir um maior conforto e praticidade aos usuários. No micro-ondas, é possível realizar diversas funções predefinidas pelo seu usuário. Neste equipamento, como também em outros tantos, o chamado sistema embarcado está incluso.

Mas afinal, o que são sistemas embarcados?

O que são sistemas embarcados?

O sistema embarcado, também chamado de sistema embutido, é um sistema microprocessado em que um computador está anexado ao sistema que ele controla. Um sistema embarcado pode realizar um conjunto de tarefas que foram predefinidas. O sistema é usado para tarefas específicas, e assim, através de engenharia é possível otimizar um determinado produto e diminuir o tamanho, bem como os recursos computacionais e o seu valor final.

Estes podem ser definidos como dispositivos que funcionam como computadores, que contam com memória, processador, interface de entrada e saída, porém, com o diferencial que desempenham uma tarefa específica. Por essa razão, usamos o micro-ondas como exemplo. No geral, os sistemas são usados em aplicações sem muitas exigências. Os sistemas embarcados costumam ser projetados a partir de uma aplicação. O controle remoto é outro bom exemplo, dentro dele há processador, memória, software, enfim, todos os itens encontrados em um computador convencional. Sistemas embarcados costumam ser desenvolvidos para uma tarefa específica. O sistema pode ainda ser executado com recursos computacionais bastante limitados, ou seja, com a ausência de teclado, tela e mesmo com pouca memória.

Processador

Diferentemente dos computadores que conhecemos, os sistemas embarcados possuem uma capacidade de processamento inferior a eles. Ao invés de usar microprocessadores, os desenvolvedores optam pelo uso de microcontroladores, já eles contam com vários periféricos integrados no mesmo chip.

Aplicação

Os sistemas embarcados estão por toda a nossa volta, e por essa razão, não nos damos conta de sua capacidade computacional, já que estamos tão envolvidos com tais mecanismos. Sistemas embarcados operam em máquinas que podem trabalhar por vários anos sem parar, e que ainda, em alguns casos, possuem a capacidade de autocorreção.

Um excelente exemplo de itens que usam sistemas embarcados são os famosos smartphones, que desempenham funções específicas, e que contam com mecanismos mais limitados que os computadores.

Confira baixo uma lista com alguns exemplos que recebem a aplicação de sistemas embarcados:

  • Urna eletrônica;
  • Videogames;
  • Calculadoras;
  • Impressoras;
  • Alguns eletrodomésticos;
  • Aparelhos celulares;
  • Equipamentos hospitalares;
  • Em veículos;
  • Roteadores.

Os exemplos acima são apenas algumas amostras da aplicação de sistemas embarcados, porém, como mencionamos antes, o sistema pode ser encontrado em vários segmentos, alguns rotineiros, e outros que não nos deparamos todos os dias.

Espero ter contribuído!

Mais sobre: Sistemas, sistemas embarcados, uso
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.