Ministro das Comunicações afirma que smartphones no Brasil deverão custarão no máximo R$ 1.500,00

Durante a festa de lançamento de sua nova sede oferecida pela prestadora de telefonia móvel Telefônica/Vivo em São Paulo, o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, aproveitou para anunciar a futura desoneração dos smartphones no país

Por | @oficinadanet Internet

Durante a festa de lançamento de sua nova sede oferecida pela prestadora de telefonia móvel Telefônica/Vivo em São Paulo, o Ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, aproveitou para anunciar que nos próximos dias a Presidente Dilma Rousseff irá assinar a desoneração para smartphones; que já passará a valer a partir do próximo mês de maio.

Em sua explanação durante o evento, o ministro Paulo Bernardo declarou que, “Estamos muito satisfeitos, pois fizemos a desoneração para a construção de redes de telecomunicações e nos próximos dias, sairá à desoneração dos smartphones no país e mais, nossa ideia é de possuirmos um teto de até no máximo R$ 1.500,00 por aparelho”; para completar Bernardo ainda disse que, “Quinta-feira passada conseguimos chegar a um acordo com o ministério da fazendo sobre o texto da desoneração e estamos estudando se o mesmo irá atingir a rede 4G”.

Para o ministro, o governo federal tem grande interesse no que ocorre no setor de telecomunicações, sendo esse, um setor que cresceu muito rápido nos últimos anos; “para se ter uma ideia, a linha 3G cresceu em 2011, 100% e em 2012, 80%”, declarou Paulo Bernardo.

Mais sobre: brasil paulo bernardo smartphones
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo

Siga nossas contas no Twitter