Golpe de Páscoa no WhatsApp atinge mais de 300 mil pessoas

O método utilizado pelos criminosos é semelhante a de outras ações vistas anteriormente, ou seja, uma mensagem promete um vale-compras e contém um link.

Por | @oficinadanet Guia do WhatsApp

Como sabemos, os golpes já viraram rotineiros na internet, principalmente os presentes nas redes sociais. Mesmo assim, muitas pessoas ainda acabam caindo em alguns deles. A novidade da vez envolve o WhatsApp, sendo que os criminosos aproveitaram a proximidade com a Páscoa para atrair mais pessoas.

Uma falsa promoção que promete um vale-presente de R$ 800 acaba deixando os aparelhos dos usuários expostos para pessoas mal intencionadas. Conforme a companhia de segurança PSafe, a ação já atingiu mais de 300 mil pessoas.

O método utilizado pelos criminosos é semelhante a de outras ações vistas anteriormente, ou seja, uma mensagem promete um vale-compras e contém um link. Ao clicar sobre ele, o usuário precisa responder um miniquestionário e após clicar sobre  “aceitar o presente”.

Golpe de Páscoa no WhatsApp atinge mais de 300 mil pessoas.Golpe de Páscoa no WhatsApp atinge mais de 300 mil pessoas.

Leia também:

Este botão ativa o recebimento de notificações da página do navegador mobile, deixando o aparelho nocivo a ações. Com isso, os cibercriminosos conseguem enviar páginas repletas de publicidade e também malwares.

“Tanto a URL que está circulando pelo WhatsApp quanto os  falsos e-commerces têm como objetivo roubar dados pessoais e financeiros para depois utilizá-los em outros golpes, como inscrição em serviços pagos de SMS e compras nos cartões de crédito das vítimas”, explica o diretor do DFNDR Lab Emilio Simoni.

A recomendação de Simoni é que o usuário utilize aplicativos de segurança, que podem detectar a presença de links suspeitos e bloquear o acesso a eles. Além disso, também é preciso ficar atento a todas as promoções que solicitem clicar em links duvidosos.

DEIXE SEU COMENTÁRIOComente aqui
MAIS SOBRE whatsapp golpe páscoa link
RecomendadoEnquete
Você assina Netflix?
Sim, sou titular(49,55%)
Sim, sou reserva =) (13,84%)
Não, mas pretendo(21,43%)
Não, nem quero(15,18%)
Assine a nossa newsletter

COMENTÁRIOS

COMENTÁRIOS

Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar