Google remove aplicativos instaláveis do Chrome

Recursos param de ser distribuídos na Chrome Web Store, e em futuras atualizações vão ser removidos por completo.

Por | @oficinadanet Chrome

Na data de ontem (06/12) a Google finalmente realizou o que já havia prometido, a remoção dos aplicativos desenvolvidos para o Google Chrome da loja Chrome Web Store. As extensões e os temas não sofreram qualquer alteração.

Esta medida já havia sido anunciada pela Google, que notificou os desenvolvedores sobre a remoção desta sessão em algum momento de 2017. O motivo para que os “apps” do Chrome deixem de existir é pela baixíssima procura, segundo a própria empresa menos de 1% dos usuários do browser chegaram a fazer uso em algum momento destes aplicativos.

A remoção aconteceu no Chrome para Windows, Linux e macOS. O único sistema operacional no qual os apps ainda foram mantidos foi o Chrome OS, porém como é um sistema que não possui um número tão alto de usuários, é possível supor que em pouco tempo os apps acabem morrendo, caso a Google não os remova antes de isso acontecer. 

Google remove aplicativos instaláveis do Chrome

 

Aquele usuários que já possuem algum app instalado em seus navegadores, vão seguir com sua utilização normal, porém por tempo limitado, já que é previsto que em futuras atualizações do navegador as mesmas sejam removidas. Estas atualizações devem acontecer ainda no primeiro trimestre de 2018.

Para substituir os apps, a Google já trabalha em um projeto que tem sido bem aceito por grande parte dos usuários, que é no formato de PWA ou Progressive Web Apps. A forma que eles são implementados no navegador é através de sites que se comportam como aplicativos instalados, acessando os recursos do sistema, enviando notificações, além de outras funcionalidades.

Google remove aplicativos instaláveis do Chrome

 

O diferencial do sistema PWA é que ele possui suporte para multiplataforma, já sendo compatível com o Chrome tanto na versão desktop como no Android, além dos navegadores Opera, Firefox e nos browsers da Microsoft. A Apple ainda trabalha para implementar este suporte no Safari. Não é possível prever se a Google irá criar uma loja para concentrar os app PWA, ou irá reservar um espaço específico na Chrome Web Store.

Vale lembrar que a remoção deste conteúdo da loja não tem relação alguma com as extensões do Google Chrome, aquelas que ficam no cantinho direito do seu navegador, elas continuam funcionando normalmente.

Mais sobre: google_chrome chrome mozilla
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo