Estratégias de email marketing: aumente sua lista de contatos

Uma das grandes questões de pessoas iniciando seu aprendizado no email marketing é como fazer para aumentar a lista de contatos. Às vezes é a falta de resposta a essa pergunta que as leva a práticas desaprovadas, como compra de lista de emails por exemplo.

Por | @oficinadanet Marketing Digital

Uma das grandes questões de pessoas iniciando seu aprendizado no email marketing é como fazer para aumentar a lista de contatos. Às vezes é a falta de resposta a essa pergunta que as leva a práticas desaprovadas, como compra de lista de emails por exemplo. Você não precisa recorrer a isso, há várias maneiras de construir uma base de dados de sucesso e de acordo com as boas práticas.

Uma delas, nem sempre utilizada, é a captação de emails na hora da compra de uma mercadoria ou na prestação de um serviço. Para falarmos desse momento temos que separá-lo primeiramente em dois tipos de casos: o virtual e o "real".

No mundo virtual é provável que você precise do email de seu cliente para avisar ele ou ela sobre a compra. Mas nem sempre as empresas aproveitam esse instante para perguntar a ele ou ela se deseja receber ofertas, notícias ou propostas no futuro. Note que se você simplesmente se apropriar do email do cliente através dessa compra talvez não seja bem recebido (apesar dessa prática não ser necessariamente condenada) o que invalida todo o objetivo do email marketing. Deixe claro que está perguntando se o cliente deseja fazer parte da sua lista de emails.

No mundo real é comum que as empresas não associem a hora da compra com um pedido de email, já que o email faz parte do mundo virtual. Mas engana-se quem pensa que os dois não se misturam. A compra presencial é importantíssima para estabelecer um relacionamento futuro com o cliente, seja virtual ou real. Ele está na sua loja, olhando o produto, sendo bem atendido (espera-se) e está disposto a pagar por ele. Esse momento é precioso, você quer que ele mantenha essa impressão para o futuro. Por quê não perguntar na hora da compra se ele deseja receber novidades da sua loja no futuro? Ou, por quê não deixar um formulário sempre disponível para preenchimento espontâneo?

Nos dois casos é importante deixar claro para o cliente a periodicidade dos emails e o conteúdo dos mesmos. Às vezes é até uma boa ideia deixar um exemplo de newsletter impresso à mostra, para realmente dar uma ideia do tipo de conteúdo sendo oferecido. É esse tipo de estratégia que vai aos poucos aumentando sua lista de forma saudável e, porque não: lucrativa. Faça a comparação do retorno que esses cadastros gerarão em relação aos que você pensava em adquirir em uma lista pronta e repense sua estratégia.

Enviado por: www.emailmanager.com

Mais sobre: email email marketing
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo