Desenvolvimento Mobile por onde começar?

O desenvolvimento de aplicativos móveis já é muito mais que realidade no nosso cotidiano, dentre as plataformas móveis que se destacam hoje temos o Android do todo poderoso Google e o iOS da Apple.

Por | @oficinadanet Programação

O desenvolvimento de aplicativos móveis já é muito mais que realidade no nosso cotidiano, dentre as plataformas móveis que se destacam hoje temos o Android do todo poderoso Google e o iOS da Apple. O iOS é o sistema operacional da Apple. É usado para iPhone, iPod Touch e iPad. É um sistema da família Unix. O Android é desenvolvido pelo Google e pela Open Handset Alliance. É um SO também da família Unix e permite softwares escritos na linguagem de programação Java via bibliotecas desenvolvidas pelo Google. Para comercialização desses aplicativos a Apple tem a famosa AppStore, loja de aplicativos da Apple que conta com mais de 250.000 aplicativos com as mais variadas funções.

Desenvolvimento Mobile por onde começar?

Para aplicativos Android o Google criou o Andoid Market, que existe há menos tempo e não fica pra trás, atualmente conta com mais de 160.000 aplicativos disponíveis. De acordo com o CEO da Google mais de 200.000 aparelhos com Android são vendidos por dia no mundo todo (Leia aqui). E de acordo com Steve Jobs já foram vendidos mais de 85 milhões de aparelhos utilizando o iOS (Leia aqui). Dados de agosto de 2010. Enfim, temos público, aparelhos, local para divulgação, mas por onde começar a desenvolver para cada uma dessas plataformas?


iOS (iPhone / iPad / iPod Touch)


Para desenvolver pra iOS usa-se a IDE XCode, que é uma excelente IDE, completa, fácil de usar. Já vem com um simulador de iPhone/iPad, ferramenta para Debug e com o Interface Builder, onde facilita bastante a criação de Views para seu aplicativo. Existe uma vasta documentação no portal do desenvolvedor da Apple, que inclui vídeos, exemplos, tutoriais Passo a Passo (How?s To) documentação de todas as classes e tudo sobre os frameworks embutidos no próprio XCode, porém tudo em inglês. Sobre a linguagem, saiba orientação a objetos na ponta da língua. Existem tutoriais ensiando no portal do desenvolvedor da Apple, ajudam bastante. Uma dica de dou é aprender os fundamentos da linguagem e como trabalhar as Views antes de entrar de cabeça no desenvolvimento, isso vai facilitar muito sua vida. Existem também ótimos fóruns que ajudam no desenvolvimento, dentre eles:

E existem vários livros, a grande maioria em inglês, ou seja, material não vai faltar. A má notícia é que para desenvolver para iPhone é necessário ter um computador Intel rodando MacOS X, precisa conhecer Objective-C, que é uma linguagem difícil de aprender e, além disso, para ser um desenvolvedor autorizado e poder enviar aplicativos para a App Store, a licença custa U$ 99 por ano, ou seja, não é nada barato desenvolver para iPhone. Entretanto, se você não tem tempo de aprender e precisa de um aplicativo rápido, tem alguns serviços e frameworks que ajudam a ter seu aplicativo na App Store com muito mais facilidade sem a necessidade de aprender Objective-C. Dentre eles eu destaco:
  • AppMakr, que você pode publicar seu app direto do site, com algumas funcionalidades como RSS, Podcast, entre outras, e gratuito. Em alguns passos você pode ter um aplicativo que imprima o RSS do seu blog, por exemplo.
  • Titanium Mobile, um framework bem completo que permite fazer aplicações para iPhone e para Android utilizando linguagens para internet como CSS, Javascript, HTML e até PHP, só que é meio salgado o preço.
  • NimbleKit, é bem mais barato que o Titanium e também possibilita fazer aplicações utilizando CSS, Javascript, PHP e jQuery, possui funcionalidades como GPS, Radio OnLine entre outras.
  • iWebKit, agora se o que você deseja é fazer seu site rodar no iPhone, o iWebKit vai cumprir a função tranquilamente.


Android


Desenvolver para Android é uma tarefa um pouco mais fácil, você pode utilizar a IDE Eclipse, que muitos já estão familiarizados, só necessita instalar a SDK e um plugin no próprio Eclipse. Pode-se desenvolver utilizando MacOS, Windows ou Linux, a linguagem de desenvolvimento é Java, que é mais fácil de aprender que Objective-C, porém o simulador deixa um pouco a desejar e, mesmo utilizando Java, desenvolver para Android exige bastante do desenvolvedor.

Leia mais sobre Android:
Para se tornar um desenvolvedor licenciado pela Google e subir aplicativos para o Android Market o valor é U$ 25 apenas uma vez. Quem não sabe Java, deve pelo menos saber orientação a objetos, senão, corra aprender. A documentação também é vasta, e no próprio portal do desenvolvedor Android é possível encontrar exemplos e a API do Android.
Fóruns, existem vários também por exemplo:

E em relação a livros, tem muitos e bons livros, um eu conheço e posso indicar, é em português e excelente, Google Android, excelente livro com muitos exemplos e linguagem acessível. A parte ruim é que existem diversos tipos de aparelhos utilizando Android, com hardwares diferentes, memórias diferentes, versões diferentes, isso pode atrapalhar um pouco o desenvolvimento e comercialização do seu produto. Assim como para iOS, para Android também tem ferramentas para os que estão sem tempo e querem aplicativos rápidos, dentre eles eu destaco:
  • App Inventor, do próprio Google. Feito para não programadores, ainda no Google Labs, mas é uma ferramenta poderosa pra quem quer desenvolver algo menos complexo. Permite acesso ao GPS, criar jogos, etc.
  • Titanium Mobile, dito anteriormente, que utiliza linguagens para internet e é meio salgado o preço.



Conclusão


Desenvolver para aplicativos móveis não é uma tarefa fácil, exige muito tempo e dedicação, pode se frustrar com algumas coisas, mas com certeza é uma experiência compensadora e gratificante, se você tem boas idéias ou gosta desse mundo você tem muito a ganhar. Cabe a você decidir para qual plataforma desenvolver, mas independente da escolha três coisas eu considero essências:
  • Aprenda inglês. Se souber, ótimo, senão, aprenda ao menos a ler. A maioria de tutoriais, livros e documentação é em inglês, tradutor ajuda, mas saiba ao menos ler.
  • Não tenha pressa. Não se aprende algo novo tão complexo do dia pra noite, conforme for fazendo vai aprendendo, e não fique só na teoria, vá fazendo que na prática aprende-se melhor.
  • Dedique-se. Desenvolver para iPhone não é fácil, nem para Andoird. Mesmo desenvolvedores experientes têm que penar um pouco no começo, mas é essencial dedicação e não desista, por mais penoso que seja no começo é muito gratificante quando as coisas começam a dar certo.

Mais sobre: mobile, desenvolvimento, programação
Share Tweet
DESTAQUESRecomendadoMais compartilhados
Comentários
  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER

    As melhores publicações no
    seu e-mail

  • Preencha para confirmar