Instalando o Flex no Windows

O Adobe Flex é uma coleção de tecnologias que possibilita a construção rápida de aplicações que podem ser executadas no Flash Player, um ambiente que permite a execução de programas de interfaces de usuário e interativade sofisticadas.

Por | @oficinadanet Programação

O Adobe Flex é uma coleção de tecnologias que possibilita a construção rápida de aplicações que podem ser executadas no Flash Player, um ambiente que permite a execução de programas de interfaces de usuário e interativade sofisticadas. O Flex amplia tecnologias já consagradas tais como XML, Web Services, HTTP, Flash Player e ActionScript.

Embora o Flex permita a criação de aplicações ricas para a internet (as chamadas RIAs), ele o faz de uma forma relativamente simples e intuitiva. Neste artigo veremos como baixar, instalar e testar o SDK do Flex 2. Tudo que precisamos para desenvolver aplicações em Flex está contido no SDK. É claro que precisaremos também do Flash Player 9 ou mais recente instalado e funcionando corretamente em nosso PC.


Baixando e instalando o SDK


O primeiro passo para baixar o SDK do Flex é apontar seu navegador para http://www.adobe.com/products/flex/downloads. No momento da autoria deste artigo, a versão disponível era a Flex SDK 2.0.1 with HotFix 1. O nome do arquivo que baixamos foi flex2_sdk_hf1.zip, com o tamanho de 38 MB.

Finalizado o download, localize o arquivo flex2_sdk_hf1.zip e descompacte-o em um diretório sem espaços e caracteres especiais, por exemplo, c:\adobe_flex. Finalmente adicione o diretório C:\adobe_flex\bin no PATH do sistema.


Testando a instalação do SDK do Flex 2


Antes de começarmos a escrever nossas aplicações em Flex, é preciso nos certificar de que todas as ferramentas necessárias estão funcionando corretamente. Para isso, abra uma janela de Prompt e dispare o seguinte comando:
mxmlc ?version

Se você seguiu todos os passos anteriores, verá o seguinte resultado:
Instalando o Flex no Windows

Obs.: O compilador mxmlc é escrito em Java, e usa o Java Runtime Environment (JRE) durante o processo de compilação. O Framework Flex traz consigo seu próprio JRE. No Windows, podemos editar o arquivo jvm.config (localizado em C:\adobe_flex\bin) para apontar para um JRE mais atual. Em Linux teremos que editar o script shell.


Conclusão


O Adobe Flex é uma ferramenta realmente muito interessante e que merece uma atenção por parte de nós, desenvolvedores web. É claro que, da instalação e teste do SDK até a criação de uma aplicação web realmente útil o caminho é muito longo. Mas, o primeiro passo foi dado.

Autor: Osmar J. Silva | Fonte: Arquivo de Codigos

Mais sobre: flex, windows
Share Tweet
DESTAQUESMais compartilhados
Comentários
AINDA NÃO SE INSCREVEU?

Vem ver os vídeos legais que
estamos produzindo no Youtube.