EAD - Ensino a distância: um guia para a área de TI

A tecnologia encurta distâncias e proporciona aos estudantes a oportunidade de terem aulas com profissionais de qualquer região do país. Fora dos grandes centros como São Paulo e Rio de Janeiro, muitas vezes o acesso à educação é limitado e a falta de professores qualificados é grande. Mas, nos últimos anos, a tecnologia trouxe uma alternativa: o ensino à distância. Numa de suas modalidades, os alunos se reúnem em frente a uma TV ou telão e assistem às aulas transmitidas por satélite.

Por | @DanielPaulinoS Internet





Fora dos grandes centros como São Paulo e Rio de Janeiro, muitas vezes o acesso à educação é limitado e a falta de professores qualificados é grande. Mas, nos últimos anos, a tecnologia trouxe uma alternativa: o ensino à distância. Numa de suas modalidades, os alunos se reúnem em frente a uma TV ou telão e assistem às aulas transmitidas por satélite.

"A vantagem de um curso telepresencial é justamente você proporcionar aos alunos de muito longe uma aula de um bom profissional como, por exemplo, um bom professor, de um autor renomado de algum livro. Que às vezes a gente tem isso, a gente compra um livro de um bom professor, super renomado e a gente nunca tem a oportunidade de assistir uma aula dele", diz Marina Engelbertelli, aluna de pós-graduação da FLG em Direito Tributário.

Mas, essa não é uma via de mão única. Os alunos podem interagir com os professores através da web em tempo real.

"Vai pode mandar um e-mail para o professor durante a aula e tirar sua dúvida, o professor vai responder o e-mail desse aluno", explica Marco Antônio Araujo Junior, diretor pedagógico da LFG.

Para que tudo funcione direito, duas equipes estão sempre a postos. Uma equipe técnica, que cuida da qualidade o som e da imagem, e uma equipe pedagógica, que dá suporte aos professores, enviando textos e imagens.

Outra modalidade de ensino à distância não usa as transmissões por satélite: tudo é feito via web. Muitas instituições de ensino de todo o pais estão aderindo a esse formato de aula e, além dos cursos, elas mantêm pólos de apoio onde os alunos podem acessar a internet, ter aulas presenciais, além de fazer as provas.

A tecnologia encurtou as distâncias, mas você precisa ficar de olho na qualidade. A primeira dica é conferir se quem oferece o curso foi credenciado pelo Ministério da Educação. O site do MEC disponibiliza o nome de todas as instituições que receberam o seu ?ok?. Antes de pensar em fazer a matrícula, vale a visita. E, se você procura cursos à distância na área de tecnologia, já sabe: preparamos uma lista com instituições renomadas no segmento, que oferecem cursos a distância na área de TI. Dê uma olhada nos links abaixo da matéria e descubra como incrementar o seu currículo!


Referência: Olhar Digital

Mais sobre: Carreira Educação Internet
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo