Criando um banco de dados e tabelas

Veremos nesta matéria como criar um banco de dados do tipo MySQL. Também a criação de um usuário, a indexação de um usuário ao banco de dados, criação de tabelas, e índices das tabelas.

Por | @nmuller99 Programação
<p>Ol&aacute; pessoal.<br /> <br /> Veremos neste artigo como criar um banco de dados MySQL e tamb&eacute;m como criar tabelas e&nbsp;&nbsp;indices de tabelas.<br /> <br /> Bom a cria&ccedil;&atilde;o do banco de dados &eacute; relativamente f&aacute;cil basta adicionar o c&oacute;digo abaixo:</p> <pre><code>CREATE DATABASE `teste`;</code></pre> <p><br /> Onde teste &eacute; o nome de nosso banco de dados. Assim se cria uma nova base de dados no banco. Em alguns servidores voc&ecirc; n&atilde;o ter&aacute; a possibilidade de criar novos banco de dados pelo privil&eacute;gio de administrador que voc&ecirc; n&atilde;o deve ter. Portanto nestes servidores voc&ecirc; deve ter um administrador de sua hospedagem que faz todo o trabalho.<br /> <br /> Bom com nosso banco criado, voc&ecirc; pode adicionar usu&aacute;rios a ele.<br /> <br /> <strong>Criando um novo usu&aacute;rio:</strong><br /> Para criar um usu&aacute;rio digite o c&oacute;digo abaixo:</p> <pre><code>CREATE USER username [IDENTIFIED BY [PASSWORD] '123456' ]</code></pre> <p><br /> Onde: username = nome do usu&aacute;rio e '123456' &eacute; a senha deste usu&aacute;rio no servidor MySQL.<br /> <br /> <strong>Adicionando um usu&aacute;rio a um banco de dados:</strong><br /> Voc&ecirc; deve adicionar o usu&aacute;rio criado ao banco de dados criado para que este tenha privil&eacute;gios de acesso, para indexar este usu&aacute;rio ao banco digite o c&oacute;digo abaixo:</p> <pre><code>GRANT ALL PRIVILEGES ON teste.* TO 'username'@'localhost' IDENTIFIED BY '123456' WITH GRANT OPTION;</code></pre> <p><br /><strong> Onde: </strong></p> <ul> <li>teste = nome do banco de dados acima criado;</li> <li>username = nome do usu&aacute;rio acima criado;</li> <li>123456 = senha do usu&aacute;rio que criamos;</li> </ul> <p><br /> Bom pessoal com isto feito estamos com um bom caminho andado. At&eacute; agora voc&ecirc; criou uma base de dados, criou um usu&aacute;rio e anexou este usu&aacute;rio a base de dados.&nbsp;Agora vamos criar uma nova tabela a este banco de dados.<br /> <br /> <strong>Criando uma tabela simples:</strong></p> <pre><code>CREATE TABLE `teste`.`tabela1` (   `tabela1_id` int(11) NULL auto_increment,   `campo1` text NULL,   PRIMARY KEY (`tabela1_id`) ) ENGINE=MyISAM;</code></pre> <p><br /> Com este c&oacute;digo, criamos a tabela1 dentro do banco teste que criamos acima.</p> <ul> <li>A tabela possui um campo do tipo inteiro (int) que pode ser nulo e tem a propriedade de se auto incrementar quando um novo registro &eacute; inclu&iacute;do.&nbsp;</li> <li>Possu&iacute; ainda um campo1 do tipo texto que pode ser nulo.&nbsp;</li> <li>A chave primaria (PRIMARY KEY) &eacute; o campo tabela1_id.&nbsp;</li> <li>A tabela &eacute; do tipo MyISAM.</li> </ul> <p><br /> <strong>DICA:</strong> Para padronizar suas bases e tabelas, eu indico sempre utilizar no nome dos campos e tabelas as seguintes informa&ccedil;&otilde;es:</p> <ul> <li>letras min&uacute;sculas;</li> <li>separa&ccedil;&atilde;o de palavras com underline (_);</li> <li>nome de campos e tabelas sempre no singular;</li> </ul> <p>Com esta formata&ccedil;&atilde;o voc&ecirc; sempre manter&aacute; seus bancos em um padr&atilde;o.<br /> <br /> <strong>Criando uma tabela com &iacute;ndices:</strong></p> <pre><code>CREATE TABLE `teste`.`tabela2` (   `tabela2_id` int(11) NULL auto_increment,   `nome` varchar(200) NULL DEFAULT '',   `ativo` tinyint(1) NULL DEFAULT 0,   PRIMARY KEY (`tabela2_id`),   INDEX `idx_0` (`ativo`) ) ENGINE=MyISAM;</code></pre> <p><br /> Criamos uma tabela2 agora com um &iacute;ndice, chamado idx_0, explica&ccedil;&atilde;o:</p> <ul> <li>A tabela possui um campo do tipo inteiro (int) que pode ser nulo e tem a propriedade de se auto incrementar quando um novo registro &eacute; inclu&iacute;do.&nbsp;</li> <li>Possu&iacute; ainda um nome do tipo varchar (caracteres vari&aacute;veis) de tamanho m&aacute;ximo (200 caracteres) que pode ser nulo.&nbsp;</li> <li>Campo do tipo tinyint utilizado para verificar se um registro est&aacute; ativo ou n&atilde;o. Utilizei tinyint de tamanho 1 para ficar mais r&aacute;pido, este tinyint &eacute; o menor tipo de n&uacute;meros inteiros. Tente sempre utilizar neste tipo de verifica&ccedil;&atilde;o, este campo do tipo tinyint, ajuda muito em termos de performace.</li> <li>A chave primaria (PRIMARY KEY) &eacute; o campo tabela2_id.&nbsp;</li> <li>Um &iacute;ndice chamado idx_0 que &eacute; o campo ativo. Este &iacute;ndice ajuda na performace, tornando as buscas mais r&aacute;pidas. Este ativo estar&aacute; na cl&aacute;usula <strong>WHERE</strong> de um <strong>SELECT</strong> que fizermos, assim tornando mais r&aacute;pidas as nossas buscas.</li> <li>A tabela &eacute; do tipo MyISAM.</li> </ul> <p><br /> Bom pessoal, ficamos por aqui, a pr&oacute;xima mat&eacute;ria sobre MySQL falarei sobre a cria&ccedil;&atilde;o de tabelas do tipo innoDB para cria&ccedil;&atilde;o de chaves estarngeiras.<br /> <br /> Qualquer d&uacute;vida, sugest&atilde;o de mat&eacute;ria comente abaixo, abra&ccedil;o a todos.&nbsp;Existem alguns programas que fazem todo este trabalho acima, eu uso constantemente o <span style="text-decoration: underline;"><strong><a href="../downloads/d/mysql-front">MySQL Front</a></strong></span>.</p>

Mais sobre: mysql banco de dados
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Destaquesver tudo