Dicas para otimizar seu código PHP

ou falar aqui sobre algumas pequenas dicas que você pode levar em conta na hora de escrever o seu script e que vão acabar deixando a sua aplicação um pouco mais rápida.

Por | @jether_ Programação
Vou falar aqui sobre algumas pequenas dicas que você pode levar em conta na hora de escrever o seu script e que vão acabar deixando a sua aplicação um pouco mais rápida.

Vamos ao que interessa:
  • Chamar um método (de um objeto) é mais rápido do que usar o “_call”
  • Chamar uma função é mais rápido do que chamar um método de um objeto
  • Acessar uma variável local é sempre mais rápido do que acessar uma variável global
  • Acessar uma variável global é sempre mais rápido do que acessar a propriedade de um objeto
  • Acessar uma variável definida é mais rápido do que acessar uma variável não definida
  • Usar caminhos absolutos no include() e require() é mais rápido do que caminhos relativos
  • Combinar vários scripts em um arquivo só e usar include() é mais rápido do que usar vários include()
  • O switch() é mais rápido do que o if … else if … else if … else em alguns casos
  • Não use expressão regular para processamento e validação de strings simples
  • Evite usar o @ antes de uma função (supressor de erros)
  • Evite mensagens de erro notices e warnings
  • Evite usar variáveis não definidas e parâmetros de métodos não utilizados
  • Definindo o tipo de variável da propriedade (do método) diminui o tempo de chamada
  • Destrua variáveis que contenham muitos dados usando o unset()
  • A variável $_SERVER['REQUEST_TIME" target="_blank"> contém o tempo de execução inicial do script
  • Cacheie o output para evitar consumo de recursos
  • echo é mais rápido que print
  • Strings entre aspas únicas (‘…’) são processadas mais rápidas que strings em aspas duplas (“…”)
  • O pré-incremento (++$n) é mais rápido que o pós-incremento ($n++)
  • Usar o isset() é mais rápido que usar o array_key_exists()
  • Um array é uma alternativa mais rápida para um método com vários parâmetros
  • O foreach() é mais rápido que o for() em vários casos
  • Não busque por colunas de tabelas que você não irá usar no seu script
  • Combine várias queries em um se o seu banco de dados suportar isso


Se você usar essas dicas você pode ter certeza que está contribuindo para um bom funcionamento da sua aplicação… Mas vale lembrar que essas providências estão longe de tornar a sua aplicação extremamente rápida. Você precisará de outros recursos mais poderosos como cacheamento de alto nível e uma boa integração com os recursos físicos disponíveis para a aplicação.

Todas essas dicas se tornam inuteis se você não fez um bom planejamento antes de começar a trabalhar a sua aplicação. “Ir fazendo” nunca é melhor do que “Já saber o que precisa(rá) ser feito”. Guardem essa dica!

Veja mais algumas várias dicas (em inglês) aqui: http://www.phpbench.com/

Quem tiver alguma outra dica para deixar um script mais rápido e eficiente é só falar.

Por hoje, é só! ;)

Mais sobre: programação produtividade php
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo