Tornando-se um programador melhor

Lutando contra seus Instintos. Eu estava assistindo o vídeo da conferência Google I/O. Durante o vídeo um dos palestrantes diz que “É nosso instinto natural tentar ser um gênio, mas nós precisamos lutar contra isso.”

Por | @jether_ Programação
Eu estava assistindo o vídeo da conferência Google I/O. Durante o vídeo um dos palestrantes diz que “É nosso instinto natural tentar ser um gênio, mas nós precisamos lutar contra isso.”

Eles falam principalmente sobre a tendência dos desenvolvedores tentarem programar isoladamente, de tentar acobertar falhas, não ser receptivo para os feedbacks, tentar elimitar qualquer possibilidade de vulnerabilidade, resumindo, tentarem ser heróis, ou programadores rockstars.

Nesse vídeo eles falam sobre várias tendência naturais que todos temos: ser defensivo, esconder seu código do mundo, tentar exercer direitos autorais e tentar fazer isso tudo sozinho. Todas essas ações acabam tendo uma consequência negativa para nós e para o nosso time.

Se alguém aponta o seu código e diz que ele pode ser melhor, o seu primeiro impulso vai ser dizer algo do tipo “eu estava usando as melhores técnicas disponíveis na época”, mas esse é um pensamento contra-produtivo. Seria melhor entender que a pessoa que está fazendo a revisão do seu código está tentando ser útil e aí você começa a ver o lado bom da sugestão (ou crítica).

Como pessoas lógicas nós temos a tendência de falar e argumentar tudo que vemos. As pessoas são muito mais receptivas à criticas quando feitas em particular, entre duas pessoas ou por email, do que em uma sala grande, com centenas de pessoas e o seu código projetado na parede. Lidar com emoções é parte do “trabalhar com outras pessoas”. Toda pessoa lógica vai agir irracionalmente de vez em quando, é natural.

A chave pra se tornar melhor em qualquer coisa é a modificação de comportamento: Faça da forma que você faz e sempre procure o feedback dos outros. Lembre-se como você fez da última vez e refaça de uma forma diferente. E depois de tudo, refaça novamente. Refatore o refatorado.

Mais sobre: Programação Gerência tecnologia
Share Tweet
Recomendado
Comentários
Carregar comentários
Destaquesver tudo